BLOG DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA.....ARAÇATUBA- SP

Atenção

"AS AFIRMAÇÕES, INFORMAÇÕES E PARECERES PUBLICADOS NESTE BLOG SÃO DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DE QUEM OS ELABOROU, ASSINA E OS REMETEU PARA PUBLICAÇÃO. FICA A CRITÉRIO DO RESPONSAVEL PELO BLOG A PUBLICAÇÃO OU NÃO DAS MATÉRIAS, COMENTÁRIOS OU INFORMAÇÕES ENCAMINHADOS."

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

NOTICIAS DO MOVIMENTO ESPIRITA. 20-11-2018.

CLICAR AQUI:
http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/NOVEMBRO/20-11-2018.htm

O homem possuído na sinagoga. Aquarela de James Tissot.
Imagem/fonte:
William Porter tenta queimar a bruxa

Leia: “A bruxa do sino” aqui:
“Dolce Far Niente”. Prazer de não fazer nada. Óleo sobre tela por John William Waterhouse
Imagem/fonte:
Trabalhos. Óleo sobre tela por Ford Madox Brown.
O Censo em Belém. Óleo em carvalho de Pieter Bruegel- o Velho.
Imagem/fonte:


Por determinação de Augusto, imperador romano,  foi realizado o recenseamento onde as pessoas
deveriam ser contadas em suas cidades de origem. José e Maria se deslocaram de Nazaré da Galiléia para
serem recenseados em Belém, na Judéia.
Muro das Lamentações. Jerusalém, Israel. Fotos Ismael Gobbo


Muro das Lamentações ou Muro Ocidental (Qotel HaMa'aravi הכותל המערבי em hebraico) é o segundo local mais sagrado do judaísmo, atrás somente do Santo dos Santos, no monte do Templo.
Trata-se do único vestígio do antigo Templo de Herodes, erguido por Herodes, o Grande no lugar do Templo de Jerusalém inicial. É a parte que restou de um muro de arrimo que servia de sustentação para uma das paredes do edifício principal e que em sí mesmo, não integrava o Templo que foi destruído pelo general Tito, que depois se tornaria imperador romano, no ano de 70.[1]
Muitos fieis judeus visitam o Muro das Lamentações para orar e depositar seus desejos por escrito. Antes da Guerra dos Seis Dias, em 1967, o local era chamado de Mughrabi Quarter ou o Quarteirão Marroquinho que, a ordem do prefeito de Jerusalém, 135 famílias árabes foram removidas para a abertura da esplanada do Muro das Lamentações. [2]

domingo, 18 de novembro de 2018

Lucas- Capítulo I

1 Visto que muitos têm empreendido fazer uma narração coordenada dos fatos que entre nós se realizaram,   
2 segundo no-los transmitiram os que desde o princípio foram testemunhas oculares e ministros da palavra,   
3 também a mim, depois de haver investido tudo cuidadosamente desde o começo, pareceu-me bem, ó excelentíssimo Teófilo, escrever-te uma narração em ordem.   
4 para que conheças plenamente a verdade das coisas em que foste instruído.   
5 Houve nos dias do Rei Herodes, rei da Judéia, um sacerdote chamado Zacarias, da turma de Abias; e sua mulher era descendente de Arão, e chamava-se Isabel.   
6 Ambos eram justos diante de Deus, andando irrepreensíveis em todos os mandamentos e preceitos do Senhor.   
7 Mas não tinham filhos, porque Isabel era estéril, e ambos avançados em idade.   
8 Ora, estando ele a exercer as funções sacerdotais perante Deus, na ordem da sua turma,   
9 segundo o costume do sacerdócio, coube-lhe por sorte entrar no santuário do Senhor, para oferecer o incenso;   
10 e toda a multidão do povo orava da parte de fora, à hora do incenso.   
11 Apareceu-lhe, então, um anjo do Senhor, em pé à direita do altar do incenso.   
12 E Zacarias, vendo-o, ficou turbado, e o temor o assaltou.   
13 Mas o anjo lhe disse: Não temais, Zacarias; porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, te dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João;   
14 e terás alegria e regozijo, e muitos se alegrarão com o seu nascimento;   
15 porque ele será grande diante do Senhor; não beberá vinho, nem bebida forte; e será cheio do Espírito Santo já desde o ventre de sua mãe;   
16 converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor seu Deus;   
17 irá adiante dele no espírito e poder de Elias, para converter os corações dos pais aos filhos, e os rebeldes à prudência dos justos, a fim de preparar para o Senhor um povo apercebido.   
18 Disse então Zacarias ao anjo: Como terei certeza disso? pois eu sou velho, e minha mulher também está avançada em idade.   
19 Ao que lhe respondeu o anjo: Eu sou Gabriel, que assisto diante de Deus, e fui enviado para te falar e te dar estas boas novas;   
20 e eis que ficarás mudo, e não poderás falar até o dia em que estas coisas aconteçam; porquanto não creste nas minhas palavras, que a seu tempo hão de cumprir-se.   
21 O povo estava esperando Zacarias, e se admirava da sua demora no santuário.   
22 Quando saiu, porém, não lhes podia falar, e perceberam que tivera uma visão no santuário. E falava-lhes por acenos, mas permanecia mudo.   
23 E, terminados os dias do seu ministério, voltou para casa.   
24 Depois desses dias Isabel, sua mulher, concebeu, e por cinco meses se ocultou, dizendo:   
25 Assim me fez o Senhor nos dias em que atentou para mim, a fim de acabar com o meu opróbrio diante dos homens.   
26 Ora, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,   
27 a uma virgem desposada com um varão cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria.   
28 E, entrando o anjo onde ela estava disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo.   
29 Ela, porém, ao ouvir estas palavras, turbou-se muito e pôs-se a pensar que saudação seria essa.   
30 Disse-lhe então o anjo: Não temas, Maria; pois achaste graça diante de Deus.   
31 Eis que conceberás e darás à luz um filho, ao qual porás o nome de Jesus.   
32 Este será grande e será chamado filho do Altíssimo; o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi seu pai;   
33 e reinará eternamente sobre a casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.   
34 Então Maria perguntou ao anjo: Como se fará isso, uma vez que não conheço varão?   
35 Respondeu-lhe o anjo: Virá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso o que há de nascer será chamado santo, Filho de Deus.   
36 Eis que também Isabel, tua parenta concebeu um filho em sua velhice; e é este o sexto mês para aquela que era chamada estéril;   
37 porque para Deus nada será impossível.   
38 Disse então Maria. Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela.   
39 Naqueles dias levantou-se Maria, foi apressadamente à região montanhosa, a uma cidade de Judá,   
40 entrou em casa de Zacarias e saudou a Isabel.   
41 Ao ouvir Isabel a saudação de Maria, saltou a criancinha no seu ventre, e Isabel ficou cheia do Espírito Santo,   
42 e exclamou em alta voz: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito é o fruto do teu ventre!   
43 E donde me provém isto, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor?   
44 Pois logo que me soou aos ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria dentro de mim.   
45 Bem-aventurada aquela que creu que se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor lhe foram ditas.   
46 Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor,   
47 e o meu espírito exulta em Deus meu Salvador;   
48 porque atentou na condição humilde de sua serva. Desde agora, pois, todas as gerações me chamarão bem-aventurada,   
49 porque o Poderoso me fez grandes coisas; e santo é o seu nome.   
50 E a sua misericórdia vai de geração em geração sobre os que o temem.   
51 Com o seu braço manifestou poder; dissipou os que eram soberbos nos pensamentos de seus corações;   
52 depôs dos tronos os poderosos, e elevou os humildes.   
53 Aos famintos encheu de bens, e vazios despediu os ricos.   
54 Auxiliou a Isabel, seu servo, lembrando-se de misericórdia   
55 (como falou a nossos pais) para com Abraão e a sua descendência para sempre.   
56 E Maria ficou com ela cerca de três meses; e depois voltou para sua casa.   
57 Ora, completou-se para Isabel o tempo de dar à luz, e teve um filho.   
58 Ouviram seus vizinhos e parentes que o Senhor lhe multiplicara a sua misericórdia, e se alegravam com ela.   
59 Sucedeu, pois, no oitavo dia, que vieram circuncidar o menino; e queriam dar-lhe o nome de seu pai, Zacarias.   
60 Respondeu, porém, sua mãe: De modo nenhum, mas será chamado João.   
61 Ao que lhe disseram: Ninguém há na tua parentela que se chame por este nome.   
62 E perguntaram por acenos ao pai como queria que se chamasse.   
63 E pedindo ele uma tabuinha, escreveu: Seu nome é João. E todos se admiraram.   
64 Imediatamente a boca se lhe abriu, e a língua se lhe soltou; louvando a Deus.   
65 Então veio temor sobre todos os seus vizinhos; e em toda a região montanhosa da Judéia foram divulgadas todas estas coisas.   
66 E todos os que delas souberam as guardavam no coração, dizendo: Que virá a ser, então, este menino? Pois a mão do Senhor estava com ele.   
67 Zacarias, seu pai, ficou cheio do Espírito Santo e profetizou, dizendo:   
68 Bendito, seja o Senhor Deus de Israel, porque visitou e remiu o seu povo,   
69 e para nós fez surgir uma salvação poderosa na casa de Davi, seu servo;   
70 assim como desde os tempos antigos tem anunciado pela boca dos seus santos profetas;   
71 para nos livrar dos nossos inimigos e da mão de todos os que nos odeiam;   
72 para usar de misericórdia com nossos pais, e lembrar-se do seu santo pacto   
73 e do juramento que fez a Abrão, nosso pai,   
74 de conceder-nos que, libertados da mão de nossos inimigos, o servíssemos sem temor,   
75 em santidade e justiça perante ele, todos os dias da nossa vida.   
76 E tu, menino, serás chamado profeta do Altíssimo, porque irás ante a face do Senhor, a preparar os seus caminhos;   
77 para dar ao seu povo conhecimento da salvação, na remissão dos seus pecados,   
78 graças à entrenhável misericórdia do nosso Deus, pela qual nos há de visitar a aurora lá do alto,   
79 para alumiar aos que jazem nas trevas e na sombra da morte, a fim de dirigir os nossos pés no caminho da paz.   
80 Ora, o menino crescia, e se robustecia em espírito; e habitava nos desertos até o dia da sua manifestação a Israel.   


Herodes, o Grande. Rei judeu à época do nascimento de Jesus.

Herodes ( / h ɛr ə d / ; Hebrew : הוֹרְדוֹס , Modern :  Hōrədōs , Tiberiano :  Hōreḏōs , grego : Ἡρῴδης , herodes ; 74/73 AEC . - C 4 aC), [1] [2] [3] [4 ] [5] [6] [7] [8] [9] também conhecido como Herodes, o Grande, e Herodes I , era um rei romano da Judéia ,[10] [11] [12] referido como o reino de Herodes . A história do seu legado polarizou a opinião, como ele é conhecido por seus projetos de construção colossal em toda a Judéia, incluindo a expansão do Segundo Templo em Jerusalém ( o Templo de Herodes ), a construção do porto em Cesaréia Marítima , a fortaleza em Masada e Herodium . Detalhes vitais de sua vida estão registrados nas obras dohistoriador romano-judeu Josefo do século I dC . [13] Herodes também aparece no evangelho cristão de Mateuscomo o governante da Judéia, que ordena o massacre dos inocentes no momento do nascimento de Jesus . Apesar de seus sucessos, incluindo a construção de uma nova aristocracia a partir de praticamente nada, [14] ele ainda recebeu críticas de vários historiadores. Seu reinado polariza a opinião entre os estudiosos e historiadores, alguns vendo seu legado como evidência de sucesso, e alguns como uma lembrança de seu domínio tirânico. [13]
Estátua do imperador  César Augusto. Reinava quando Jesus nasceu na Palestina, uma província romana.
Museu do Louvre, Paris, França. Foto Ismael Gobbo
Deserto da Judéia na região de Massada. Israel. Foto Ismael Gobbo
O evangelista Lucas em um manuscrito bizantino do século X


São Lucas, o Evangelista (do grego antigo Λουκᾶς, Loukás) é, segundo, a tradição, o autor do Evangelho de São Lucas e dos Atos dos Apóstolos - o terceiro e quinto livros do Novo Testamento. É o santo padroeiro dos pintoresmédicos,artistas. É celebrado no dia 18 de Outubro.
Chamado por Paulo de "O Médico Amado" (Colossenses 4:14), pode ter sido um dos cristãos do primeiro século que conviveu pessoalmente com os doze apóstolos.
O Arcanjo Gabriel e Zacarias mudo. Pintura por Alexander Ivanov.
A Anunciação. Óleo sobre tela por El Greco.
Presépio artesanal confeccionado em Santa Rita do Passa Quatro. Foto Ismael Gobbo 12/2017.
A Virgem e o menino Jesus, Santa Ana e João Batista. Leonardo da Vinci.
Zacarias escreve o nome de seu filho. Afresco de Domenico Ghirlandaio. Florença 1490.
Imagem/fonte:
João Batista. Pintura a óleo de Caravaggio
“Herodium”  é uma montanha artificial em forma de cone construída pelo rei judeu Herodes- o Grande - onde ainda se encontram ruínas de seu palácio.  Fica no deserto da Judéia, distante 12 kms ao sul de Jerusalém. 
Fotos Ismael Gobbo.
Maquete artística ao ar livre no Museu de Israel, em Jerusalém. Mostra como era o Segundo Templo à época de Jesus.
Foi destruído pelas tropas romanas sob comando de Tito. Foto: Margarida Lopes de Araújo
DSC06041
Muro Ocidental, também chamado de Muro das Lamentações, é a única
parede que restou do antigo Templo de Jerusalém. Foto Ismael Gobbo

O Evangelho de Lucas

Aproximando-se o Natal de Jesus,  buscaremos reproduzir em sequência  com algumas  ilustrações,   os 24 capítulos do Evangelho de Lucas, o evangelista que Dante Alighieri define como “O Escriba da Mansidão de Cristo”.
A edição que repassaremos é a tradução de João Ferreira de Almeida, obtida no site http://biblia.com.br/joao-ferreira-almeida-atualizada/lucas/

Nesta postagem iniciamos com a publicação do Capitulo I, logo  abaixo.

(Ismael Gobbo)

São Lucas exibindo uma pintura da Virgem. Óleo sobre tela de Guercino.


Lucas, o evangelista que de acordo com a lenda era um pintor, é apresentado aqui enquanto pinta um retrato da Madona e da Criança .
Dante. Estátua de Jeroni Sunõl 
Museu Nacional de Arte da Catalunha,  Barcelona, Espanha. Foto Ismael Gobbo

NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPIRITA. 19-11-2018.

CLICAR AQUI:


O Sena em Bar-sur-Seine no Departamento de Aube.
A arte de magnetismo de magnetização ou animal (1847). A primeira edição contém a frase
"Estado de insensibilidade e catalepsia" debaixo da imagem.

São Luis, Rei da França. Óleo sobre tela por Achille Leboucher.
Louis IX, roi de France;
Luis IX, rei da França.

Divaldo Franco fala sobre São Luis

Maria e o Menino Jesus. Quadro na Igreja da Dormição. Monte Sião, Jerusalém, Israel. Foto Ismael Gobbo
Amélia Rodrigues
Imagem internet.
Jesus em tela bordada por Alexandra Herrmann (imagem cedida por Oceano Vieira de melo)

(Colaboração recebido em email de Leopoldo Zanardi

O Evangelho de Lucas
São Lucas exibindo uma pintura da Virgem. Óleo sobre tela de Guercino.


Lucas, o evangelista que de acordo com a lenda era um pintor, é apresentado aqui enquanto pinta um retrato da Madona e da Criança .
Dante. Estátua de Jeroni Sunõl 
Museu Nacional de Arte da Catalunha,  Barcelona, Espanha. Foto Ismael Gobbo
Dante Alighieri define Lucas como "O Escriba da Mansidão de Cristo"
O evangelista Lucas em um manuscrito bizantino do século X


São Lucas, o Evangelista (do grego antigo Λουκᾶς, Loukás) é, segundo, a tradição, o autor do Evangelho de São Lucas e dos Atos dos Apóstolos - o terceiro e quinto livros do Novo Testamento. É o santo padroeiro dos pintoresmédicos,artistas. É celebrado no dia 18 de Outubro.
Chamado por Paulo de "O Médico Amado" (Colossenses 4:14), pode ter sido um dos cristãos do primeiro século que conviveu pessoalmente com os doze apóstolos.

Divaldo Pereira Franco em Araraquara, SP 

Jesus Cristo no  Getsêmani.Pintura a óleo por Heinrich Hofmann.