BLOG DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA.....ARAÇATUBA- SP

Atenção

"AS AFIRMAÇÕES, INFORMAÇÕES E PARECERES PUBLICADOS NESTE BLOG SÃO DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DE QUEM OS ELABOROU, ASSINA E OS REMETEU PARA PUBLICAÇÃO. FICA A CRITÉRIO DO RESPONSAVEL PELO BLOG A PUBLICAÇÃO OU NÃO DAS MATÉRIAS, COMENTÁRIOS OU INFORMAÇÕES ENCAMINHADOS."

domingo, 18 de novembro de 2018

NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPIRITA. 19-11-2018.

CLICAR AQUI:


O Sena em Bar-sur-Seine no Departamento de Aube.
A arte de magnetismo de magnetização ou animal (1847). A primeira edição contém a frase
"Estado de insensibilidade e catalepsia" debaixo da imagem.

São Luis, Rei da França. Óleo sobre tela por Achille Leboucher.
Louis IX, roi de France;
Luis IX, rei da França.

Divaldo Franco fala sobre São Luis

Maria e o Menino Jesus. Quadro na Igreja da Dormição. Monte Sião, Jerusalém, Israel. Foto Ismael Gobbo
Amélia Rodrigues
Imagem internet.
Jesus em tela bordada por Alexandra Herrmann (imagem cedida por Oceano Vieira de melo)

(Colaboração recebido em email de Leopoldo Zanardi

O Evangelho de Lucas
São Lucas exibindo uma pintura da Virgem. Óleo sobre tela de Guercino.


Lucas, o evangelista que de acordo com a lenda era um pintor, é apresentado aqui enquanto pinta um retrato da Madona e da Criança .
Dante. Estátua de Jeroni Sunõl 
Museu Nacional de Arte da Catalunha,  Barcelona, Espanha. Foto Ismael Gobbo
Dante Alighieri define Lucas como "O Escriba da Mansidão de Cristo"
O evangelista Lucas em um manuscrito bizantino do século X


São Lucas, o Evangelista (do grego antigo Λουκᾶς, Loukás) é, segundo, a tradição, o autor do Evangelho de São Lucas e dos Atos dos Apóstolos - o terceiro e quinto livros do Novo Testamento. É o santo padroeiro dos pintoresmédicos,artistas. É celebrado no dia 18 de Outubro.
Chamado por Paulo de "O Médico Amado" (Colossenses 4:14), pode ter sido um dos cristãos do primeiro século que conviveu pessoalmente com os doze apóstolos.



sexta-feira, 16 de novembro de 2018

NOTICIAS DO MOVIMENTO ESPIRITA. 17-11-2018.

CLICAR AQUI:


Berçário estelar LH 95 na Grande Nuvem de Magalhães. Talvez a galáxia mais próxima da Via Láctea.  
Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Espa%C3%A7o_sideral#/media/File:LH_95.jpg
"O mármore azul " é uma famosa fotografia da Terra tomada em 7 de dezembro de 1972, pela tripulação da espaçonave Apollo 17 a caminho da Lua, a uma distância de cerca de 29.000 quilômetros (18.000 milhas). Mostra a África, a Antártida e a Península Arábica .
A criação do homem. Gesso pintado por Alfredo Ceschiatti. Museu Nacional de Belas Artes.
Rio de Janeiro, Brasil. Foto Ismael Gobbo.
Grupo de Neandestais. Autor: Charles Robert Knight 
Plantação de milho e tamareiras junto a um canal do Rio Nilo, na região do Cairo.
Foto Ismael Gobbo
Levantamento nos campos de Nebamun. 1350 aC. 18ª. Dinastia. Pintura em gesso. Capela-Túmulo de Nebamun.
Tebas, Egito. Museu Britânico, Londres, Reino Unido. Trata-se de funcionário fiscalizando. Foto Ismael Gobbo.
Múmia e sarcófago egípcio expostos no Museu Britânico, Londres, Reino Unido. Foto Ismael Gobbo
Cena em papiro egípcio retratando a pesagem da alma do morto. Em um dos pratos da balanço o coração e no outro uma pena.
Museu Britânico, Londres, Reino Unido. Foto Ismael Gobbo
Madalena arrependida. Óleo sobre tela por El Greco.
Monumento “Maternidade”. Jardim “Amália Rodrigues”. Lisboa, Portugal. Foto Cidinha Michelin.
Arena Rostov. Russia.
O Bom Samaritano. Óleo sobre tela por Jacob Jordaens.
Trecho de praia no litoral em São Domingos. Niterói, RJ. Óleo sobre tela de Antonio Parreiras.
Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro, Brasil. Foto Ismael Gobbo.
Jesus curando um surdo-mudo da Decápolis. Óleo sobre tela por Bartholomeus Breenbergh.
Bet She’an    é  um dos mais importantes sítios arqueológicos em território israelita. É a antiga Citópolis, da
Decápolis  helenista (dez cidades gregas).  Jesus pregou seu Evangelho pela região.  Foto Ismael Gobbo
A palavra aos surdos-mudos. Óleo sobre tela por Oscar Pereira da Silva.
Museu Nacional de Belas Artes. Rio de Janeiro, Brasil. Foto Ismael Gobbo

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

NOTICIAS DO MOVIMENTO ESPIRITA. 16-11-2018.

CLICAR AQUI:
http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/NOVEMBRO/16-11-2018.htm

Aurora Boreal. Óleo sobre tela de Frederic Edwin Church.
Imagem/fonte:
Um diorama mostrando antigos homens das cavernas fica dentro do Museu Nacional da História da Mongólia em Ulaanbaatar, Mongólia. O museu preserva o patrimônio cultural da Mongólia.
Imagem/fonte:


Diorama é um modo de apresentação artística tridimensional, de maneira muito realista, de cenas da vida real para exposição com finalidades de instrução ou entretenimento.[1][2]
Vista aérea do Morro Urucum e outras colinas ricas em ferro fora de Corumbá, Mato Grosso do Sul, Brasil.
Imagem/fonte:
Metalurgia. Óleo sobre tela por Adolph von Menzel.
Locomotiva a vapor do trem turístico de Campinas a Jaguariúna na estação de Carlos Gomes e o
trem de alta velocidade Frecciarossa na estação Termini, em Roma, Itália.  Fotos Ismael Gobbo
Vaso de girassóis. Desenho infantil. Lucas Augusto. Foto Ismael Gobbo.
A árvore. Pintura infantil. Laura Emília. Foto Ismael Gobbo
Maison de ma soeur. (Casa da minha irmã). Óleo sobre tela por Paul Michel Dupuy.
Exposto na Pinacoteca do Estado de São Paulo. São Paulo, Brasil. Foto Ismael Gobbo.
Oradora da cidade de São José do Rio Preto, SP, Silvia Pereira Lima,  em palestra no 
Solar Eunice Weaver, em Birigui, SP. 15-11-2018. Tema "A Prece". Foto Ismael Gobbo.
INCOR- Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP. São Paulo, Brasil. Foto Ismael Gobbo.
Uma menina lê para um convalescente enquanto a enfermeira traz o remédio do paciente. Aguarela por RH Giles.
Imagem/fonte:
Quadro retratando o famoso cirurgião Dr. Arnaldo Vieira de Carvalho exposto no
Museu da Santa Casa de São Paulo. Foto Ismael Gobbo
Festa para os internos do Asilo-colônia de Aymorés, especializado no tratamento da  hanseníase, no final do ano de 1935.
Jésus Gonçalves estava ali internado. Foto do acervo do historiador Jaime Prado, Bauru, SP .
Jésus Gonçalves, sentado,  já com as seqüelas da lepra em Pirapitingui, recebendo visitas.
Foto nos livros: Flores de Outono e A Extraordinária Vida de Jésus Gonçalves

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

NOTICIAS DO MOVIMENTO ESPIRITA. 15-11-2018.

CLICAR AQUI:


image019
Bandeira do Brasil. Foto Ismael Gobbo
Basílica de Sacré Coeur. Bairro Monte Martre,  Paris, França. Foto Ismael Gobbo.




A Basílica do Sagrado Coração conhecida também como Basílica de Sacré Coeur (em francêsbasilique du Sacré-Cœur) é um templo da Igreja Católica Romana em Paris, sendo, também, o símbolo do bairro de Monte Martre. A basílica está localizada no topo do monte Martre, o ponto mais alto da cidade. A basílica do Sagrado Coração foi construída com mármore travertino extraído da região de Seine-et-Marne, o que lhe proporciona uma tonalidade branca.
Leia mais:
Em 1853, quando a popular canção "Spirit Rappings" foi publicada, o espiritualismo era objeto de intensa curiosidade
As irmãs Fox.

Os espíritas costumam definir 31 de março de 1848 como o início de seu movimento. Naquela data, Kate e Margaret Fox , de Hydesville, Nova York, relataram que haviam feito contato com um espírito que mais tarde foi reivindicado ser o espírito de um vendedor ambulante assassinado cujo corpo foi encontrado na casa, embora nenhum registro de tal pessoa jamais foi encontrada. Dizia-se que o espírito se comunicava através de ruídos de rap, audíveis para os espectadores. A evidência dos sentidos atraiu os americanos de mentalidade prática, e as irmãs Fox se tornaram uma sensação. Como as primeiras celebridades, as irmãs rapidamente se tornaram famosas por suas sessões públicas em Nova York. [13]No entanto, em 1888, as irmãs Fox admitiram que esse "contato" com o espírito era uma farsa, embora pouco depois retrocedessem dessa admissão. [1] [2]
Páginas do jornal Dés Débats datado de 15-11-1860 com um artigo de Émile Deschanel, um crítico virulento do Espiritismo.
Busto de Émile Deschanel * no  Collège de France.


Émile Auguste Étienne Martin Deschanel (19 de novembro de 1819, Paris - 26 de janeiro de 1904, Paris) foi um escritor e político francês, pai de Paul Deschanel , o 11º Presidente da República Francesa .
Seus trabalhos incluem: Études sur Aristophane (1867), Le Romantisme des Classiques (1882) e o polêmico Catholicism and socialisme (1850). Como resultado, Napoleão III forçou-o ao exílio entre 1851 e 1859. Mais tarde ele se tornou professor no Collège de France e em 1881 tornou-se senador vitalício .


Émile Deschanel foi um crítico mordaz da Doutrina Espírita
nos seus primeiros dias.
Allan Kardec, o grande Codificador da Doutrina Espírita.
Além do trabalho gigantesco teve de suportar agressões virulentas por parte de alguns detratores do Espiritismo.
Venceu a tudo e a todos.
Imagem cedida por Charles Kempf, França.
Ilustrações de Paris, França. Le Monde Illustré, 21-12-1889.
Panorâmica da cidade de Haifa desde o Monte Carmelo. Israel. Foto Ismael Gobbo.
Flores no Monte Carmelo. Haifa, Israel. Foto Ismael Gobbo.
Daltonismo. Placa de Ishihara 9
Exemplo de uma figura do teste de cores de Ishihara. Dependendo do monitor do computador, pessoas com visão normal enxergam o número "74". Muitos portadores do daltonismo enxergam na figura o número "21" e indivíduos com cegueira das cores não enxergam nenhum número.

Proclamação da República do Brasil
15 de novembro de 1889

Proclamação da República Brasileira foi um golpe de Estado político-militar, ocorrido em 15 de novembro de 1889, que instaurou a forma republicana presidencialista de governo no Brasil, encerrando a monarquia constitucional parlamentarista do Império e, por conseguinte, destituindo e deportando o então chefe de estadoimperador D. Pedro II.
A proclamação ocorreu na Praça da Aclamação (atual Praça da República), na cidade do Rio de Janeiro, então capital do Império do Brasil, quando um grupo de militares do exército brasileiro, liderados pelo marechal Manuel Deodoro da Fonseca, destituiu o imperador e assumiu o poder no país, instituindo um governo provisório republicano, que se tornaria a Primeira República Brasileira.
............................................
................................
..................
IMG_6613
Estátua equestre em homenagem ao Marechal Deodoro da Fonseca.
Praça Marechal Deodoro. Maceió, AL. Foto Ismael Gobbo
IMG_7470
Proclamação da República. Óleo sobre tela por Benedito Calixto.
Pinacoteca do Estado de São Paulo. São Paulo, Brasil. Foto Ismael Gobbo
Matéria do jornal Le Monde Illustré de 30-11-1889
No alto à esquerda matéria intitulada “La révolution au Brésil”
Fonte: Le Monde Illustré. Paris, França.
Panorâmica do Rio de Janeiro. Publicação do  Le Monde Illustré, Paris, França. 30-11-1889.
No alto vultos da República Brasileira. Publicação do Le Monde Illustré. Paris. 30-11-1889.
Na parte inferior ilustração sobre a Proclamação da República do Brasil.
Jornal Le Monde Illustré. Paris, França. 21-12-1889. Fonte: https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k6371744r/f4.item
Matéria do jornal Le Monde Illustré intitulada “A Revolução do Brasil”, datada de 21-12-1889.
Matéria do Le Monde Illustré de 21-12-1889 sobre a Proclamação da República do Brasil.
Matéria do Le Monde Illustré de 21-12-1889 sobre a Proclamação da República do Brasil.
Matéria do Le Monde Illustre sobre a Proclamação da República trazendo a Bandeira do Brasil. Paris, 18-01-1890.
IMG_0013
Praça da República na cidade do Rio de Janeiro. Local aproximado de onde ocorreu a Prolamaçao da República.
Foto Ismael Gobbo
DSC00694
Museu da República no Palácio do Catete. Rio de Janeiro, Brasil. Foto Ismael Gobbo
DSC01087
Busto feminino representando a República. Palácio do Catete, Rio de Janeiro. Foto Ismael Gobbo
DSC01093
Primeira bandeira da República exposta no Museu da República (Palácio do Catete) Rio de Janeiro.
Foto Ismael Gobbo
DSC01100
Salão Ministerial. Palácio do Catete. Rio de Janeiro, RJ

VEJA EM VIDEO LEITURA DA POESIA "BRASIL"
POR CHICO XAVIER DITADA PELO ESPÍRITO 
CASTRO ALVES:

Sem título
Francisco Cândido Xavier. 
Castro Alves 14/03/1847 – 06-07-1871
Figura de   Castro Alves  em placa  de bronze ao lado  da de  Paulo Eiró,  lembrados na
comemoração   do 1º. centenário de morte de ambos (1871- 1971).  A placa encontra-se
exposta no  saguão de  ingresso da   Faculdade  de  Direito do Largo  de São  Francisco,
em  São Paulo.  Foto Ismael Gobbo

image019
Bandeira do Brasil. Foto Ismael Gobbo