BLOG DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA.....ARAÇATUBA- SP

Atenção

"AS AFIRMAÇÕES, INFORMAÇÕES E PARECERES PUBLICADOS NESTE BLOG SÃO DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DE QUEM OS ELABOROU, ASSINA E OS REMETEU PARA PUBLICAÇÃO. FICA A CRITÉRIO DO RESPONSAVEL PELO BLOG A PUBLICAÇÃO OU NÃO DAS MATÉRIAS, COMENTÁRIOS OU INFORMAÇÕES ENCAMINHADOS."

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

BOLETIM DIÁRIO DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA. 22-01-2021.

CLICAR AQUI:

 http://www.noticiasespiritas.com.br/2021/JANEIRO/22-01-2021.htm


Príncipe Alexandre de Hohenlohe-Waldenburg-Schillingsfürst.

Imagem/fonte:

https://en.wikipedia.org/wiki/Prince_Alexander_of_Hohenlohe-Waldenburg-Schillingsf%C3%BCrst

 

 

O príncipe Alexander Leopold Franz Emmerich de Hohenlohe-Waldenburg-Schillingsfürst (17 de agosto de 1794 - 17 de novembro de 1849) foi um padre alemão e suposto fazedor de milagres. [1]

Leia mais:

https://en.wikipedia.org/wiki/Prince_Alexander_of_Hohenlohe-Waldenburg-Schillingsf%C3%BCrst

 

Príncipe Leopold Alexander Franz Emmerich zu Hohenlohe-Waldenburg-Schillingsfürst (1794-1849), Sacerdote, fazedor de milagres, bispo Litografia de Johann Stephan Decker, cerca de 1825

Copiada de: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Alexander_Hohenlohe_Litho.jpg

Waldenburg in 1930

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Waldenburg,_Baden-W%C3%BCrttemberg

Jesus cura um homem mudo possesso. Aquarela por James Tissot

Imagem/fonte:

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/6/6f/Brooklyn_Museum_-_Jesus_Heals_a_Mute_Possessed_Man_%28J%C3%A9sus_gu%C3%A9rit_un_poss%C3%A9d%C3%A9_muet%29_-_James_Tissot.jpg

 

Jesus curando uma mulher enferma no sábado. Aquarela de James Tissot

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:HealWomanSabbath.jpg

 

 

 

De acordo com o Evangelho, Jesus estava ensinando em uma das sinagogas no sábado e havia uma mulher aleijada por um espírito por dezoito anos. Ela estava curvada e não conseguia se endireitar. Quando Jesus a viu, ele a chamou para frente e disse a ela:

"Mulher, você está livre de sua enfermidade."

Então ele colocou as mãos sobre ela e imediatamente ela se endireitou e louvou a Deus.

Leia mais:

https://en.wikipedia.org/wiki/Jesus_healing_an_infirm_woman

 

Alarico e o saque de Roma em 24 de agosto de 410

Imagem: http://povosgermanicos.blogspot.com.br/2009/12/alarico-i.html

 

Segundo informações do médium Divaldo Pereira Franco,

Jésus Gonçalves lhe apareceu certa feita e disse ter sido

Alarico, o rei dos Visigodos.

Leia aqui:

http://www.noticiasespiritas.com.br/2012/JULHO/12-07-2012.htm

Alarico I, Rei dos Visigodos

Ilha de Peuce, atual Romênia 375/ Cosenza, Itália 410

Imagem: http://alaricomodelismo.blogspot.com.br/p/alarico-i.html

 

O rio Tibre com a ilha Tiberina e as pontes Cestius (E) e Fabricius, em Roma. Foto Ismael Gobbo

 


Leia matéria especial comemorativo dos 110 anos de Jésus Gonçalves

Borebi, SP, 12/07/1902 – Pirapitingui (Itu, SP) 16/02/1947

 

ACESSE :

http://www.noticiasespiritas.com.br/2012/JULHO/12-07-2012.htm


Jandyra Gonçalves. Foto Ismael Gobbo

 

LEIA MATÉRIA SOBRE

Jandyra Gonçalves da Silva realizada em 2012.

É a única dos  filhos de Jésus Gonçalves  ainda encarnada. Está muito bem de saúde na cidade de Bauru, SP. Nesta quinta-feira, 21-01-2021.

Acesse a entrevista de 2012:

http://www.noticiasespiritas.com.br/2012/JULHO/12-07-2012.htm

 

Jésus Gonçalves e a primeira esposa, d. Theodomira, em foto com dedicatória datada de 1926

Foto do acervo particular de Jandyra Gonçalves da Silva

 

Festa de Natal no Asilo-colônia Aymorés no ano de 1935. Jésus Gonçalves esteve internado no estabelecimento

de 1933 à 1937. Foto do acervo de Jaime Prado

Jésus Gonçalves, primeiro à direita, na equipe de futebol do

Asilo-colônia Aymorés, em Bauru, SP.

Foto do acervo de Jaime Prado

Jésus Gonçalves com sua última companheira Ninita, médium espírita

e  também  portadora de Hanseníase,  no Asilo-colônia de

Pirapitingui (Itu, SP). Imagem: http://www.jesusgoncalves.org.br/biografia.htm

 

Jésus visitado em Pirapitingui por Julinha Kobleisen (de lenço)

e Zaíra Pitt. Do Livro: A Extraordinária vida de Jésus Gonçalves

 

Trecho da Epístola de Tiago.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ep%C3%ADstola_de_Tiago

 

 

 

LEIA SOBRE A EPÍSTOLA DE TIAGO:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ep%C3%ADstola_de_Tiago


O Encontro ou Bonjour Monsieur Courbet. Óleo sobre tela de  Gustave Courbet

Imagem/fonte: https://fr.wikipedia.org/wiki/Bonjour_Monsieur_Courbet

 

LEIA SOBRE A OBRA:  Bonjour Monsieur Courbet:

https://fr.wikipedia.org/wiki/Bonjour_Monsieur_Courbet

 

Os fariseus e os saduceus vêm para tentar Jesus por James Tissot ( Brooklyn Museum )

Imagem/fonte:

https://en.wikipedia.org/wiki/Sadducees#/media/File:Brooklyn_Museum_-_The_Pharisees_and_the_Saduccees_Come_to_Tempt_Jesus_(Les_pharisiens_et_les_saduc%C3%A9ens_viennent_pour_tenter_J%C3%A9sus)_-_James_Tissot_-_overall.jpg

 

 

Os saduceus (em hebraico: צְדוּקִים Ṣĕdûqîm bnê Sadôq, "zadoquitas" ou "sadoquitas"; em gregoSaddoukaios) eram uma seita ou um grupo de judeus presente na Judeia durante o período do Segundo Templo, desde o século II a.C. até a destruição do Templo em 70 d.C. A seita foi identificada por Flávio Josefo com o alto escalão social e econômico da sociedade na Judeia.[1] O grupo cumpria variadas funções políticas, sociais e religiosas, dentre as quais se pode mencionar a função de manutenção do Templo. Os saduceus são frequentemente comparados com outras seitas do período, como os fariseus e os essênios.

Acredita-se que a extinção do grupo ocorreu algum tempo depois da destruição do Templo de Herodes, em Jerusalém, no ano de 70 d.C., sendo que os caraítas possivelmente tiveram algumas raízes nas visões dos saduceus.

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Saduceus

 

 

Fariseu (do hebraico פרושים) é o nome dado a um grupo de judeus devotos ao Torá (5 primeiros livros da bíblia), surgidos no século II a.C.. Opositores dos saduceus, criam numa Lei Oral, em conjunto com a Lei escrita, e foram os criadores da instituição da sinagoga. Com a destruição de Jerusalém em 70 d.C. e a queda do poder dos saduceus, cresceu sua influência dentro da comunidade judaica e se tornaram os precursores do judaísmo rabínico. A palavra Fariseu tem o significado de "separados", " a verdadeira comunidade de Israel", "santos".

Sua oposição ferrenha ao Cristianismo rendeu-lhes através dos tempos uma figura de fanáticos e hipócritas que apenas manipulam as leis para seu interesse. Esse comportamento e modo de viver, deu origem ao termo "fariseu".

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Fariseus

Jantar na casa de Simão, o fariseu. Óleo sobre tela por  Moretto da Brescia.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Cena_in_casa_di_Simone_in_fariseo_(Moretto).jpg

Escultura: “Simbolo de Paz”. Autor: José Cruañes. Rosário, Argentina. Foto Ismael Gobbo

Antônio Gonçalves da Silva (Batuíra)

26-12-1838 / 22-01-1909

Certidão de Nascimento de Batuíra recebida em email de Rosário Abranches Jordão

Casa onde nasceu Batuíra em  Vila Meã, freguesia de São Tomé do Castelo, Conselho de Vila Real, Portugal.

Foto recebida em email de Rosário Abranches Jordão

Placa na casa onde nasceu Batuíra em  Vila Meã, freguesia de São Tomé do Castelo, Conselho de Vila Real, Portugal.

Foto recebida em email de Rosário Abranches Jordão

Distribuição de Natal em 1924, da Instituição “Verdade e Luz”. São Paulo, Brasil.

Imagem/fonte: http://www.autoresespiritasclassicos.com/Autores%20Espiritas%20Classicos%20%20Diversos/Mediuns/Batuira/Ant%C3%B4nio%20Gon%C3%A7alves%20da%20Silva%20-%20O%20Batu%C3%ADra.htm

Predito da Instituição “VERDADE E Luz”, localizada à rua Espírita, no. 28, doada por Batuíra.

São Paulo, Brasil .  Foto do início dos anos de 1920. Imagem/fonte:

 http://www.autoresespiritasclassicos.com/Autores%20Espiritas%20Classicos%20%20Diversos/Mediuns/Batuira/Ant%C3%B4nio%20Gon%C3%A7alves%20da%20Silva%20-%20O%20Batu%C3%ADra.htm

 

Túmulo de Batuíra no Cemitério da Consolação, São Paulo, Brasil. Foto Ismael Gobbo
Entrada e Capela no Cemitério da Consolação. São Paulo, Brasil. Foto Ismael Gobbo
Capela no Cemitério da Consolação. Projeto de Ramos de Azevedo. São Paulo, Brasil. Foto: Ismael Gobbo.



quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

BOLETIM DIÁRIO DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA. 21-01-2021.

CLICAR AQUI:

http://www.noticiasespiritas.com.br/2021/JANEIRO/21-01-2021.htm

Rue de la Roquette (Paris XI). Desenho em grafite e aguado a tinta castanha, 10,6 x 8 cm, da coleção Hippolyte Destailleur. Século 18 ou 19.

Imagem/fonte: BNF- Biblioteca Nacional de França.

Copiado de: https://fr.m.wikipedia.org/wiki/Fichier:Rue_de_la_Roquette_(Paris_XIe),_dessin_ancien.jpeg

Rua de La Roquette 48. Paris, França. Passagem Thieré.  Fotografia de Imprensa. Agencia Rol. BNF GALLICA

Imagem/fonte: https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/btv1b6923947v.item

O pátio da  rue de la Roquette, 80, , 80, durante as sessões do Zouave Jacob em 1867. Paris, França.

Fonte: https://fr.wikipedia.org/wiki/Auguste_Henri_Jacob

Auguste-Henri Jacob , conhecido como Zouave Jacob 

Cartão fotográfico de Auguste-Henri Jacob em 1867

Imagem/fonte: https://fr.wikipedia.org/wiki/Auguste_Henri_Jacob

 

Auguste-Henri Jacob , conhecido como Zouave Jacob , nasceu em6 de março de 1828em Saint-Martin-des-Champs ( Saône-et-Loire ) e morreu em23 de outubro de 1913em Paris , é um famoso curandeiro francês em Paris durante o Segundo Império .

Leia mais: https://fr.wikipedia.org/wiki/Auguste_Henri_Jacob 

Retrato de um cartão fotográfico publicado no Le Monde Illustré.

Copiado de: https://fr.wikipedia.org/wiki/Auguste_Henri_Jacob

 

Auguste-Henri Jacob , conhecido como Zouave Jacob , nasceu em6 de março de 1828em Saint-Martin-des-Champs ( Saône-et-Loire ) e morreu em23 de outubro de 1913em Paris , é um famoso curandeiro francês em Paris durante o Segundo Império .

Terceiro trombone ao som da música do regimento zouave da Guarda Imperial , Jacob deu-se a conhecer ao público em 1866, no acampamento Châlons , onde realizou inúmeras curas pelo suposto efeito do seu fluido . A sua renovação em maior escala no ano seguinte, a rue de la Roquette em Paris, tornou-a famosa e deu origem, em particular, a uma das caricaturas mais famosas de André Gill . Essa glória termina poucas semanas depois, quando dois delegados negam a informação dada pela imprensa sobre uma suposta cura.

A partir de agora, o Zouave, que continua a sua actividade de curandeiro até ao fim da vida, passa a chamar muito menos a atenção dos jornais, senão por ocasião de acções judiciais por prática ilegal de medicina que abrem precedente. Ele morreu em 1913, deixando em aberto a questão de saber se ele era um charlatão sem vergonha ou fazedor de milagres e se essas curas se deviam a algo diferente de seu poder de convicção. Segundo várias fontes, seu método autoritário de cura prefigura o dos evangelistas . Várias obras apareceram com seu nome, sem saber se ele é realmente o autor. Após sua morte, seu túmulo no cemitério de Gentilly é objeto de uma devoção persistente.

Leia mais:

https://fr.wikipedia.org/wiki/Auguste_Henri_Jacob

 

Pacientes e ambulância no acampamento Châlons em 1866. Gallica.

Copiado de: https://fr.wikipedia.org/wiki/Auguste_Henri_Jacob

 

Tenda de Zouaves no camp de Châlons.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Tente_de_zouaves_au_camp_de_Ch%C3%A2lons.jpg

Pacientes e ambulância no acampamento Châlons em 1866. Gallica.

Copiado de: https://fr.wikipedia.org/wiki/Auguste_Henri_Jacob

Mourmelon, a aldeia vizinha do acampamento Châlons, estava em 1866 equipada com hotéis para receber os visitantes. Gallica.  Imagem copiada de https://fr.wikipedia.org/wiki/Auguste_Henri_Jacob
 

Gravura hagiográfica de 1867 representando "Jacob de pé, o braço estendido em um gesto dominador, derramando profusamente seu fluido benéfico sobre a multidão de infelizes inválidos prostrados a seus pés" 75 .Gallica.

Copiado de: https://fr.wikipedia.org/wiki/Auguste_Henri_Jacob

 

Jacob na música dos zuavos da guarda imperial em 1867.

Imagem copiada de https://fr.wikipedia.org/wiki/Auguste_Henri_Jacob

 

Estação feerroviária de Chalons-sur-Marne. França. Início do século XX.

Imagem/fonte: https://fr.wikipedia.org/wiki/Gare_de_Ch%C3%A2lons-en-Champagne

Foto de Allan Kardec. Gallica.

Copiada de: https://fr.wikipedia.org/wiki/Auguste_Henri_Jacob

Place du Théâtre-Francais e Avenue de l'Opéra, luz solar, manhã de inverno. Óleo sobre tela de Camillo Pissarro. Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Hist%C3%B3ria_de_Paris
 
Turista orando com a mão postada no busto de Kardec. Cemitério Père Lachaise, Paris, França. Foto Ismael Gobbo.

Uma fotografia Kirlian amadora de uma folha de Coleus, usando um filme colorido de 35 mm e uma pequena bobina de Tesla como fonte de energia. 1980. Imagem/autor: Usuário: MrX

Copiado de: https://en.wikipedia.org/wiki/Kirlian_photography

 

Fotografia Kirlian

A fotografia Kirlian é uma coleção de técnicas fotográficas usadas para capturar o fenômeno das descargas coronais elétricas . Seu nome é uma homenagem a Semyon Kirlian , que, em 1939, acidentalmente descobriu que se um objeto em uma chapa fotográfica for conectado a uma fonte de alta voltagem, uma imagem será produzida na chapa fotográfica. [1] A técnica tem sido conhecida como "eletrografia", [2] "eletrofotografia", [3] "fotografia de descarga corona" (CDP), [4] "bioeletrografia", [5] "visualização de descarga de gás (GDV) ", [6] " imagem eletrofotônica (EPI) ", [7] e, na literatura russa, "Kirlianografia".

A fotografia Kirlian tem sido objeto de pesquisa científica, pesquisa parapsicológica e arte. Alegações paranormais têm sido feitas sobre a fotografia Kirlian, mas essas alegações não são apoiadas pela comunidade científica. [8] [9] Em grande medida, tem sido usado em pesquisas de medicina alternativa . [10]

Leia mais: https://en.wikipedia.org/wiki/Kirlian_photography

A transfiguração de Jesus. Pintura de Alexandr Ivanov.

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Transfiguration_of_Jesus#/media/File:Alexandr_Ivanov_015.jpg

 

 

 

Aparições. Transfigurações

35. Para nós, o perispírito, no seu estado normal, é invisível; mas, como é formado de substância etérea, o Espírito, em certos casos, pode, por ato da sua vontade, fazê-lo passar por uma modificação molecular que o torna momentaneamente visível. É assim que se produzem as aparições, que não se dão, do mesmo modo que os outros fenômenos, fora das leis da natureza. Nada tem esse de mais extraordinário, do que o do vapor que, quando muito rarefeito, é invisível, mas que se torna visível, quando condensado.

Leia mais: Livro A Gênese, Allan Kardec, capítulo 14, itens. 35 a 39.

Vitória-régia. Belém, PA. Fotos: Ismael Gobbo.

 

 

Vitória-régia

vitória-régia ou victória-régia (Victoria amazonica) é uma planta aquática da família das Nymphaeaceae, típica da região amazônica.

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Vit%C3%B3ria-r%C3%A9gia

O Semeador. Guache  sobre grafite em papel tecido cinza. Autor: James Tissot.

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Par%C3%A1bola_do_Semeador

Jesus ensino o povo à beira-mar. Guache sobre grafite em papel tecido cinza. Obra de James Tissot. Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brooklyn_Museum_-_Jesus_Teaches_the_People_by_the_Sea_(J%C3%A9sus_enseigne_le_peuple_pr%C3%A8s_de_la_mer)_-_James_Tissot_-_overall.jpg

 

Mar da Galiléia em Tabga, Israel. Foto Ismael Gobbo

O Consolador. Pintura de Carl Bloch

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Carl_Heinrich_Bloch_-_Consolator.jpg

A pregação de São Paulo em Efésus. Óleo sobre tela de Eustache Le Sueur.

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Eustache_Le_Sueur

“Domine quo vadis?”. Óleo sobre tela por Annibale Carracci

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Domine_quo_vadis%3F

 

São Pedro curando os enfermos. Detalhe do quadro de Laurent de La Hyre exposto na Catedral Notre Dame, Paris.

Foto Ismael Gobbo, anterior ao incêndio ocorrido na Catedral em 2019.


São Pedro e São Paulo. Pintura de El Grego exposta no Museu Nacional de Arte da Catalunha.

Barcelona, Espanha. Foto Ismael Gobbo.

 

São Pedro pregando o Evangelho nas catacumbas. Pintura de Jan Styka

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/File:JanStyka-SaintPeter.jpg

 

Palestra de Divaldo Pereira Franco em Araçatuba, SP, em 24-07-2013. Fotos Ismael Gobbo

 Amélie Gabrielle Boudet

(23-11-1795 / 21-01-1883)

          Imagem: Internet


Thais, França.

Câmara Municipal, agora Academia de Artes. Prédio construído em 1882/1883 e inaugurado em 10-08-1884.

Em Thiais nasceu Amelie Gabrielle Boudet esposa de Allan Kardec.

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Thiais#/media/File:Acad%C3%A9mie_des_arts_de_THIAIS_(3466429280).jpg

Ilustração artística retratando Allan Kardec e sua esposa Amelie Gabrielle Boudet.

Do acervo do CEI-Conselho Espírita Internacional. Apresentada em 2004 no Congresso Espírita Mundial

Imagem copiada de: http://pt.wikipedia.org/wiki/Am%C3%A9lie_Gabrielle_Boudet#mediaviewer/File:A._Kardec_et_A._Boudet.jpg


Túmulo em forma de dólmen druida de Allan Kardec e de sua esposa Amelie Gabrielle Boudet, no

Cemitério Père Lachaise, em Paris, França. Foto Ismael Gobbo

Placa afixada pela Prefeitura de Paris na parede de trás do dólmen de Allan Kardec e de

sua esposa e colaboradora  Amelie Gabrielle Boudet, no Cemitério Père Lachaise. Foto Ismael Gobbo

Fachada do Palácio Garnier.  Ópera Nacional de Paris.. Foto Laura Emilia Michelin Gobbo.