BLOG DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA.....ARAÇATUBA- SP

Atenção

"AS AFIRMAÇÕES, INFORMAÇÕES E PARECERES PUBLICADOS NESTE BLOG SÃO DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DE QUEM OS ELABOROU, ASSINA E OS REMETEU PARA PUBLICAÇÃO. FICA A CRITÉRIO DO RESPONSAVEL PELO BLOG A PUBLICAÇÃO OU NÃO DAS MATÉRIAS, COMENTÁRIOS OU INFORMAÇÕES ENCAMINHADOS."

quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

BOLETIM DIÁRIO DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA. 03-12-2020.

CLICAR AQUI:

http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/DEZEMBRO/03-12-2020.htm

Bairro de Ménilmontant. Paris, França.

Na foto a Rua de Ménilmontant nos anos de 1900.

.  Imagem/fonte: https://fr.wikipedia.org/wiki/Rue_de_M%C3%A9nilmontant

 

 

O Bairro Ménilmontant é mencionado por Allan Kardec na Revista Espírita

de abril de 1867 onde ocorreu um fato singular de uma campainha que  tocava

sem que ninguém a acionasse. Veja o texto logo acima nesta postagem.

Rua Ménilmontant com vista de Paris e Beaubourg ao fundo. Foto/autor: Kirua

Copiado de: https://fr.wikipedia.org/wiki/Rue_de_M%C3%A9nilmontant

 

 

 

O Bairro Ménilmontant é mencionado por Allan Kardec na Revista Espírita

de abril de 1867 onde ocorreu um fato singular de uma campainha que  tocava

sem que ninguém a acionasse num ateliê de fabricante de  bronzes.

Veja o texto logo acima nesta postagem.

Sino. Foto Ismael Gobbo

 

 

O Bairro Ménilmontant é mencionado por Allan Kardec na Revista Espírita

de abril de 1867 onde ocorreu um fato singular de uma campainha que  tocava

sem que ninguém a acionasse num ateliê de fabricante de  bronzes.

Veja o texto logo acima nesta postagem.

Rua de Lião, França. Foto Ismael Gobbo.

Em Lião, França, nasceu o Codificador do Espiritismo – Allan Kardec, aos 3 de outubro de 1804.

 

 

Na cidade era editado o jornal  espírita “La Vérité”- journal du Spiritisme

posteriormente com o nome mudado para Tribune Universelle, Journal

de La Libre Conscience et La Libre Pensée.

Veja matéria acima transcrita da Revista Espírita de Abril de 1867.

Jornal “La Vérité” de 17 de fevereiro de 1867.

Fonte: https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k5401750k.item

 

Na cidade de Lião, França, era editado o jornal  espírita “La Vérité”- journal du Spiritisme

que, a partir de 10-03-1867  teve o  nome mudado para Tribune Universelle, Journal

de La Libre Conscience et La Libre Pensée.

Veja matéria acima transcrita da Revista Espírita de Abril de 1867.

Interior do belo e rico Museu Galo-Romano em Lião, França. Foto Ismael Gobo.

Em Lião nasceu Allan Kardec, o Codificador do Espiritismo, aos 3 de outubro de 1804.

O martírio de Santa Irene. Óleo sobre tela de Carlo Francesco Nuvolone. Museu do Louvre, Paris, França

Santa Irene é relacionada a Cárita, martirizada à época do imperador Diocleciano.

Imagem/fonte: http://commons.wikimedia.org/wiki/File:CF_Nuvolone_Martirio_de_Santa_Irene_Louvre.jpg

 

Na Revista Espírita de abril de 1867, Allan Kardec publica bela

mensagem assinada por Cárita intitulada: Missão da Mulher.

Leia o texto acima transcrito.

 




terça-feira, 1 de dezembro de 2020

BOLETIM DIÁRIO DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA. 02-12-2020.

CLICAR AQUI:

 http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/DEZEMBRO/02-12-2020.htm 

Vicq-sur-Nahon. Rua da igreja.

Imagem/fonte: https://fr.wikipedia.org/wiki/Vicq-sur-Nahon

 

Vicq-sur-Nahon é uma comuna francesa na região administrativa do Centro, no departamento Indre. Estende-se por uma área de 47,65 km². Em 2010 a comuna tinha 768 habitantes (densidade: 16,1 hab./km²).[1]

https://pt.wikipedia.org/wiki/Vicq-sur-Nahon

 

Poitiers em gravura de 1572.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Braun_Poitiers_HAAB.jpg

 

 

Poitiers é uma cidade localizada no centro-oeste da França às margens do Rio Clain. O nome da cidade é derivado do romano Pictávio (em latimPictavium), o que acredita-se ser derivado da tribo celta que habitava a região, os pictões. Antes do período romano, era conhecida também como Lemono (em latimLemonum).

Poitiers é a capital do departamento de Vienne na região Nova Aquitânia e possui 85.800 habitantes (2004), com densidade demográfica de 2.037 habitantes/km².

Leia mais: https://pt.wikipedia.org/wiki/Poitiers

O espírito da rua Neuve-St-Paul: revelação / de Vert-Vert Vert-Vert. Autor do texto

Acesse o livro  aqui:

https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k54717471.texteImage

O Golfo de Marselha visto de L´Estaque. Óleo sobre tela de Paul Cézanne.

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Marseille

 

Marseille ( / m ɑr s eɪ / mar- SAY , também escrito em Inglês como Marselha ; francês:  [maʁsɛj] ouvir )Sobre este som , localmente  [maχsɛjə] ouvir )Sobre este som ; Occitan : Marselha [maʀˈsejɔ, -ˈsijɔ] ) é a prefeitura do departamento de Bouches-du-Rhône e região de Provence-Alpes-Côte d'Azur na França . Ele está localizado na costa do Mediterrâneo, perto da foz do Ródano . Marselha é a segunda maior cidade da França, cobrindo uma área de 241 km 2 (93 sq mi) e tinha uma população de 870.018 em 2016. [4] Sua área metropolitana , que se estende por 3.174 km 2 (1.225 sq mi) é o terceiro maior na França, depois dos de Paris e Lyon, com uma população de 1.760.653 em 2017, [3] ou 3.100.329 (2019) pela definição mais ampla de região metropolitana do Eurostat . [5]

Leia mais: https://en.wikipedia.org/wiki/Marseille


O porto de Dieppe. Óleo sobre tela por J.M.W. Turner

Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Joseph_Mallord_William_Turner_-_The_Harbor_of_Dieppe_-_Google_Art_Project.jpg

 

 

Dieppe ( pronunciação francesa: [djɛp] ) é uma comunidade costeira no Arrondissement de Dieppe no Seine-Maritime departamento na região da Normandia , no norte France . A população era de 29.080 em 2017.

Um porto no Canal da Mancha , na foz do rio Arques , famoso por suas vieiras , e com um serviço regular de balsa para Newhaven na Inglaterra, Dieppe também tem uma popular praia de seixos , um castelo do século 15 e as igrejas de Saint- Jacques e Saint-Remi . A foz do rio Scie fica no cantão de Dieppe-Ouest em Hautot-sur-Mer .

Os habitantes da cidade de Dieppe são chamados Dieppois (m) e Dieppoise (f) em francês.

Leia mais:

https://en.wikipedia.org/wiki/Dieppe

Capa da revista francesa "La Vie Mysterieuse", sobre o caso Therese Selles (1911)

Uma empregada doméstica de 14 anos, Therese Selles, vivencia atividade poltergeist / PK espontânea na casa de seu empregador, a família Todeschini em Cheragas, Argélia, como destaque na capa da revista francesa La Vie Mysterieuse em 1911.

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Poltergeist



Poltergeist. Vídeos com registros de  fenômenos de efeitos físicos

Rio Grande do Sul, Brasil

Acesse:

 

http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2014/06/casa-e-demolida-apos-exorcismo-e-fenomenos-incomuns-no-rs.html


Velha reitoria de Epworth e os fenômenos de “poltergeist”

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Old_Rectory,_Epworth

 

 

A assombração da Reitoria de Epworth, também conhecida como "poltergeist de Wesley", é uma das mais conhecidas alegações do poltergeist inglês . [6] De dezembro de 1716 até janeiro de 1717, diz-se ter sido atormentado por uma série de ruídos e batidas misteriosas que ocorrem regularmente, aparentemente causadas por um fantasma, a filha mais velha de Wesley, Hetty.apelidado de "Old Jeffrey", que fez sua presença conhecida a todos no dia de Natal de 1716. Nas palavras da Sra. Wesley, "havia um barulho na sala sobre nossas cabeças, como se várias pessoas estivessem andando, subindo e descendo escadas que pensamos que as crianças ficariam com medo ". De acordo com o conto, enquanto ela e seu marido vasculhavam a casa em vão pelo culpado, o Velho Jeffrey continuou "sacudindo e trovejando em todos os cômodos, e até soprando uma buzina invisível em decibéis ensurdecedores". [7] "O velho Jeffrey" supostamente desapareceu em janeiro de 1717 tão subitamente quanto apareceu. [8]

Leia mais: https://en.wikipedia.org/wiki/Old_Rectory,_Epworth

 

Mesas girantes. França. Século XIX.

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Table-turning#/media/File:Tables_tournantes_1853.jpg

  

Imagem publicada pela revista “le magazine l'Illustration” em 1853 para ilustrar um artigo intitulado: História da Seman

As obras básicas do Espiritismo codificado por Allan Kardec.

Imagem/fonte: http://www.guia.heu.nom.br/obras_basicas.htm

Francisco Cândido psicografando. Imagem:Internet

Bolo Rei. Natal. Foto de Jose Conçalves.

Copiado de: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bolo_Rei_-_Natal.JPG

Árvore de Natal. Birigui, SP. Foto Ismael Gobbo
Árvore de Natal. Centro Comercial Arenas  na  cidade de Barcelona, Espanha. Foto Ismael Gobbo

Pintura "Véspera de Natal" de J. Hoover & Son, 1878

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Christmas_Eve

 Noite de Natal em Roma, Itália. Praça de Espanha e igreja Trinità dei Monti. Foto Ismael Gobbo.

A Anunciação. Óleo sobre tela por Henry Ossawa Tanner.

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Henry_Ossawa_Tanner#/media/File:Henry_Ossawa_Tanner_-_The_Annunciation.jpg

A Natividade. Óleo sobre tela por Federico Barocci.

Imagem/fonte:

 https://en.wikipedia.org/wiki/File:Barocci,_Federico_~_The_Nativity,_1597,_oil_on_canvas,_Museo_del_Prado,_Madrid.jpg

O menino apresentado ao Templo. Óleo sobre tela por Ludovico Carracci.

Museu Nacional de Arte da Catalunha, Barcelona, Espanha. Foto Ismael Gobbo

Peregrinos do Natal de Belém entram na cidade. 1890.

Crianças que esperam a Festa de Natal. Óleo sobre tela de Theodor Hildebrandt 

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ferdinand_Theodor_Hildebrandt_-_Weihnachtsabend_(1840).jpg

Órfãos. Óleo sobre tela por Thomas Benjamin Kennington.

Imagem/fonte: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/7/78/Thomas_Benjamin_Kennington_-_Orphans.jpg

Ilustração de caridade.

Do livro Needham, Geo C. "Street Arabs and Gutter Snipes"

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Charity_to_Street_Arab.jpg

Irmã Irene em orfanato. Nova Iorque, EUA. 

Imagem/fontehttps://commons.wikimedia.org/wiki/File:Children_at_New_York_Foundling_cph.3a23917.jpg

O saudoso e inesquecível  obreiro de boa vontade “Paizinho”*  de Cambé, PR, com as crianças do Lar Infantil Marilia Barbosa.

 

* Hugo Gonçalves. (06-10-1913 / 15-10-2013)


Morador de rua. São Paulo, SP. Foto Ismael Gobbo

Página do Le Monde Illustré do dia 28 de dezembro de 1861 alusiva ao Natal.

Imagem/fonte: https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k6228369r/f4.item

Cristo no deserto. Óleo sobre tela de Ivan Ivan Kramskoi

Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Christ_in_the_Wilderness_-_Ivan_Kramskoy_-_Google_Cultural_Institute.jpg

Jovens no trabalho voluntário “Hazla por tu playa”  que faz limpeza de praias e rios.  Miraflores, Lima, Peru.

Fotos Ismael Gobbo

Alegoria de generosidade. Óleo sobre cobre de Frans Francken, o Jovem

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Allegory_of_Generosity_(Frans_Francken_II)_-_Nationalmuseum_-_19036.tif

Parábola do Bom Samaritano. Óleo sobre tela de Domenico Fetti

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Domenico_Fetti_-_Parable_of_the_Good_Samaritan_-_WGA07861.jpg

O óbulo da viúva em aquarela de James Tissot.

Imagem/fonte: 

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brooklyn_Museum_-_The_Widow%27s_Mite_(Le_denier_de_la_veuve)_-_James_Tissot.jpg 

Milionário sem filhos e uma pobre mulher abençoada com filhos. Obra de Niko Pirosmanashvili 

Imagem/fonte:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Childless_Millionaire_and_a_Poor_Woman_Blessed_with_CHildren.jpg






segunda-feira, 30 de novembro de 2020

BOLETIM DIÁRIO DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA. 01-12-2020.

CLICAR AQUI:

 http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/DEZEMBRO/01-12-2020.htm

Antiga casa senhorial da família Hœn em Beblenheim Lehr, Ernest (1835-1919). Ilustrador

Imagem/fonte: https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/btv1b102111867.item

Casas de viticultores em Beblenheim. Imagem/autor: Bernard Chenal

Imagem/fonte: https://de.wikipedia.org/wiki/Beblenheim

Beblenheim (alemão Bebelnheim ) é um francês commune com 941 habitantes (a partir de 01 de janeiro de 2017) no departamento de Haut-Rhin no Grand Est região (até 2015 Alsácia ). Pertence à associação municipal Pays de Ribeauvillé .

Leia mais:

https://de.wikipedia.org/wiki/Beblenheim

Beblenheim. Entrada pelo lado leste. Imagem/autor: Bernard Chenal

https://fr.wikipedia.org/wiki/Beblenheim

 

Beblenheim é uma comuna francesa localizada no departamento de Haut-Rhin , na região East Grand .

Esta cidade está localizada na região histórica e cultural da Alsácia .

Seus habitantes são chamados de Beblenheimois e Beblenheimoises .

https://fr.wikipedia.org/wiki/Beblenheim

 

Jean Macé.

Título: Jean Macé, littérateur: [photographie, tirage de démonstration] / [Atelier Nadar]

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Jean_Mac%C3%A9

 

Jean François Macé (22 de agosto de 1815 em Paris - 13 de dezembro de 1894 em Monthiers ) foi um educador, jornalista, maçom ativo [1] e político francês . Ele era talvez mais conhecido como o fundador da Ligue de l'enseignement para promover a educação gratuita, universal e secular. De 1883 até sua morte, foi senador vitalício no Senado da Terceira República . [2]

Leia mais: https://en.wikipedia.org/wiki/Jean_Mac%C3%A9


Busto de Jean Macé.

Busto Jean Macé: [fotografia de imprensa] / [Agence Rol] Agência Rol. Agência fotográfica (patrocinador)

Imagem/fonte: https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/btv1b6920639b.item#

Fotografia e assinatura de Emmanuel Vauchez por volta de 1885.

Imagem/fonte: https://fr.wikipedia.org/wiki/Emmanuel_Vauchez

 

Emmanuel Vauchez nasceu Emmanuel Séraphin Désiré Vauchez o19 de maio de 1836em Courlans ( Jura ), é um pedagogo francês, secretário-geral em 1867 da Liga de educação criada por Jean Macé em 1866.

Leia mais:

https://fr.wikipedia.org/wiki/Emmanuel_Vauchez

Caricatura de Emmanuel Vauchez: Os homens de hoje.

Caricatura de Emmanuel Vauchez por André Gill (1879), Les Hommes d'aujourd'hui, n°48.

Imagem/fonte: https://fr.wikipedia.org/wiki/Emmanuel_Vauchez#/media/Fichier:Les_Hommes_N_48_Vauchez.jpg

Edouard Pfeiffer

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Eduard_Pfeiffer

 

Eduard Gotthilf (von) Pfeiffer (24 de novembro de 1835 - 13 de maio de 1921) foi um banqueiro alemão , reformador social e pioneiro do movimento cooperativo . [1]

Leia mais: https://en.wikipedia.org/wiki/Eduard_Pfeiffer


Eduard Pfeiffer e sua esposa Julie em frente à colônia de Ostheim em 1895

Imagem/fonte: https://de.wikipedia.org/wiki/Eduard_Pfeiffer

Rue Saint-Antoine com a Bastilha ao fundo. extrait du ivre de Zeiller. 1656. Paris, França.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bastille_cloitre_sainte_Marie_13728.jpg

Torre do Templo por volta de 1795. Pintura de arte francesa de autor desconhecido.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Tour_du_Temple_circa_1795_Ecole_Francaise_18th_century.jpg

Vista do bairro de Montmartre. Paris, França. Foto Ismael Gobbo

 

Montmartre é um bairro boêmio da cidade de Paris, na França. É uma colina que, já no tempo dos gauleses, se destinava a lugar de culto. Deve seu nome, provavelmente, aos inúmeros mártires cristãos que foram torturados e mortos no local por volta do ano 250.[1] Consagrada a São Dionísio, tornou-se, na Idade Média, um lugar de peregrinação.

Em 1133, Montmartre passou para a jurisdição de monges beneditinos, que, ali passaram a cultivar uvas para produção de vinho, atividade que permanece sendo exercida até hoje no local.[2]

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Montmartre

Estação Batignolles na linha Auteuil (hoje estação Pont Cardinet) no 17º arrondissement de Paris. Postal do início do século XX.

Copiado de: https://fr.m.wikipedia.org/wiki/Fichier:Gare_des_Batignolles_d%C3%A9but_XXe_si%C3%A8cle_(1).jpg

Marina (Port de l’Arsenal) com o “Boulevard de la Bastille”. Paris, França. Foto Ismael Gobbo

O Espiritismo foi codificado por Allan Kardec em Paris.

Basílica de Sacré Coeur. Bairro Monte Martre,  Paris, França. Foto Ismael Gobbo.

 

 

 

A Basílica do Sagrado Coração conhecida também como Basílica de Sacré Coeur (em francêsbasilique du Sacré-Cœur) é um templo da Igreja Católica Romana em Paris, sendo, também, o símbolo do bairro de Monte Martre. A basílica está localizada no topo do monte Martre, o ponto mais alto da cidade. A basílica do Sagrado Coração foi construída com mármore travertino extraído da região de Seine-et-Marne, o que lhe proporciona uma tonalidade branca.

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Bas%C3%ADlica_de_Sacr%C3%A9_C%C5%93ur

 

Humberto de Campos. Imagem do Arquivo Nacional 
Francisco Cândido psicografando. Imagem:Internet

O Censo em Belém. Óleo em carvalho de Pieter Bruegel- o Velho.

Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Pieter_Bruegel_the_Elder_-_The_Census_at_Bethlehem_-_WGA03379.jpg

 

 

Por determinação de Augusto, imperador romano,  foi realizado o recenseamento onde as pessoas

deveriam ser contadas em suas cidades de origem. José e Maria se deslocaram de Nazaré da Galiléia para

serem recenseados em Belém, na Judéia.

A Virgem e São José registram-se para o recenseamento diante do governador Quirino. Mosaico bizantino na

Igreja Chora, Constantinopla,  1315-20. Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Quirinius

 

Leia sobre Quirino aqui:

https://en.wikipedia.org/wiki/Quirinius

Estátua do imperador  César Augusto. Reinava quando Jesus nasceu na Palestina, uma província romana. Foi o imperador quem determinou o recenseamento à época de Quirino.

Museu do Louvre, Paris, França. Foto Ismael Gobbo

 

 

Augusto (em latimGaius Iulius Caesar Octavianus Augustus;[nt 1] Roma23 de setembro de 63 a.C. – Nuvlana19 de agosto de 14) foi o fundador do Império Romano e seu primeiro imperador, governando de 27 a.C. até sua morte em 14 d.C..[nt 2] Nascido Caio Otávio, pertenceu a um rico e antigo ramo equestre da família plebeia dos Otávios. Depois do assassinato de seu tio-avô Júlio Césarem 44 a.C., o testamento de César nomeou Otávio como seu filho adotivo e herdeiro. Junto com Marco Antônio e Lépido, formou o Segundo Triunvirato e derrotou os assassinos de César. Após a vitória na Batalha de Filipos, os três dividiram a República Romanaentre si, passando a governar como ditadores militares.[nt 3] O triunvirato foi posteriormente posto de lado sob as ambições conflitantes de seus membros: Lépido foi exilado e despojado de sua posição e Marco Antônio cometeu suicídio após sua derrota na Batalha de Áccio em 31 a.C..

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Augusto

Chegada a Belém ou Recusa do Estalajadeiro (1664) por Simon de Vos, no Museu Nacional de Soares dos Reis.

Copiado de: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Mary_and_Joseph_seeking_refuge_in_Bethlehem_-_Simon_de_Vos.jpg

Representação da manjedoura em quadro exposto na Basílica S. Maria delle Grazie. Milão, Itália. Foto Ismael Gobbo

Pintura “A Virgem Amamentando o Menino”. Óleo sobre tela de Pompeo Batoni. MASP- Museu de Arte de São Paulo.

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Pompeo_batoni_-_a_virgem_amamentando_o_menino_02.JPG

Loja de artesanato típico. Presépio em madeira de oliveira. Belém, Palestina. Foto Ismael Gobbo

Belém. Pintura de Cornelis de Bruijn. 1698.

Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:1698_de_Bruijin_View_of_Bethlehem,_Palestine_(Holy_Land)_-_Geographicus_-_Bethlehem-bruijn-1698.jpg

Escada e Árvore de Natal. Museu Vaticano. Foto Ismael Gobbo

Código de Hamurabi. Museu do Louvre, Paris, França. Foto Ismael Gobbo

 

Código de Hamurábi, representa o conjunto de leis escritas, sendo um dos exemplos mais bem preservados desse tipo de texto oriundo da Mesopotâmia. Acredita-se que foi escrito pelo rei Hamurábi, aproximadamente em 1 772 a.C.. Foi encontrado por uma expedição francesa em 1901 na região da antiga Mesopotâmia, correspondente à cidade de Susa, no sudoeste do Irã ou Irão.

É um monumento monolítico talhado em rocha de diorito, sobre o qual se dispõem 46 colunas de escrita cuneiforme acádica, com 282 leis em 3 600 linhas. A numeração vai até 282, mas a cláusula 13 foi excluída por superstições da época. A peça tem 2,25 m de altura, 1,50 m de circunferência na parte superior e 1,90 m na base.[1]

Os artigos do Código de Hamurábi descreviam casos que serviam como modelos a serem aplicados em questões semelhantes. Para limitar as penas, o Código anotou o princípio de Talião, sinônimo de retaliação. Por esse princípio, a pena não seria uma vingança desmedida, mas proporcional à ofensa cometida pelo criminoso. Tal princípio é resumido no ditado popular "olho por olho, dente por dente".

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%B3digo_de_Hamurabi

 

O blásfemo apedrejado (ilustração das Figuras da Bíblia de 1728 ).

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/EmorO blásfemo apedrejado (ilustração das Figuras da Bíblia de 1728 ).

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Emor


 Sermão da  montanha. Pintura por William Brassey Hole

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:The_Sermon_on_the_Mount_-_William_Brassey_Hole.jpg

Os fariseus questionando a Jesus. Aquarela de James Tissot. Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brooklyn_Museum_-_The_Pharisees_Question_Jesus_(Les_pharisiens_questionnent_J%C3%A9sus)_-_James_Tissot.jpg

A refeição na casa de Simão, o fariseu. Pintura de James Tissot

Imagem/fonte:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Brooklyn_Museum_-_The_Meal_in_the_House_of_the_Pharisee_(Le_repas_chez_le_pharisien)_-_James_Tissot_-_overall.jpg

 


A mulher adúltera. Obra de Nicolas Poussin.

Imagem fonte:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Per%C3%ADcopa_da_Ad%C3%BAltera#mediaviewer/File:Nicolas_Poussin_008.jpg

 

A doutrina de Jesus revogou o olho por olho, dente por dente,

implantando a lei do amor  incondicional.

Pintura ilustrativa da parábola do argueiro e da trave. Pintura de Domenico Fetti

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/The_Mote_and_the_Beam#/media/File:Domenico_Fetti_-_The_Parable_of_the_Mote_and_the_Beam.jpg