BLOG DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA.....ARAÇATUBA- SP

Atenção

"AS AFIRMAÇÕES, INFORMAÇÕES E PARECERES PUBLICADOS NESTE BLOG SÃO DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DE QUEM OS ELABOROU, ASSINA E OS REMETEU PARA PUBLICAÇÃO. FICA A CRITÉRIO DO RESPONSAVEL PELO BLOG A PUBLICAÇÃO OU NÃO DAS MATÉRIAS, COMENTÁRIOS OU INFORMAÇÕES ENCAMINHADOS."

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

BOLETIM DIÁRIO DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA. 22-01-2020.

CLICAR AQUI:
http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/JANEIRO/22-01-2020.htm

Johannes Gutenberg (Mainz, c. 1400[1] - Mainz3 de fevereiro de 1468)

]Johannes Gensfleisch zur Laden zum Gutenberg, ou simplesmente Johannes Gutenberg (Mainz, c. 1400[1] - Mainz3 de fevereiro de 1468) foi um inventorgravador e gráfico do Sacro Império Romano-Germânico. Gutenberg desenvolveu um sistema mecânico de tipos móveis que deu início à Revolução da Imprensa, e que é amplamente considerado o invento mais importante do segundo milênio.[2] Teve um papel fundamental no desenvolvimento da RenascençaReforma e na Revolução Científica e lançou as bases materiais para a moderna economia baseada no conhecimento e a disseminação em massa da aprendizagem.[3]
Leia mais:
Uma tipografia do século XV (1568) de Jost Amman. 1 Profissão Histórica

Imprensa é a designação coletiva dos veículos de comunicação que exercem o Jornalismo e outras funções de comunicação informativa - em contraste com a comunicação puramente propagandística ou de entretenimento.
O termo imprensa deriva da prensa móvel, processo gráfico aperfeiçoado por Johannes Gutenberg no século XV e que, a partir do século XVIII, foi usado para imprimir jornais, então os únicos veículos jornalísticos existentes. De meados do século XX em diante, os jornais passaram a ser também radiodifundidos e teledifundidos (radiojornal e telejornal) e, com o advento da World Wide Web, vieram também os jornais online, ou ciberjornais, ou webjornais. O termo "imprensa", contudo, foi mantido. Deve-se evitar as impróprias expressões imprensa eletrônica, imprensa falada e imprensa televisionada. Quando a linguagem abranger rádio, televisão, internet, cinema e outros meios, deve-se usar meios de comunicação ou mídia.
Leia mais:
Templo de Luxor, na região da antiga Tebas, no Egito. A obra foi iniciada por Amenófis II, ampliada por Tutmés III
e concluída por Ramsés II. Era ligada ao templo de Carnac por uma avenida adornada de esfinges com cabeça de
carneiro da qual apenas um trecho é hoje visível. O obelisco que ficava à direita da porta de ingresso foi doado à França e
colocado no centro da Praça da Concórdia, em Paris, a 25 de outubro de 1836, homenageando Champollion.
Fotos Ismael Gobbo
http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/MAIO/30-05-2018_arquivos/image031.jpg
Obelisco de Luxor (Egito) na Praça da Concórdia. Paris, França. Foto Ismael Gobbo.
Inscrições em Hieróglifos,  escrita dos antigos egípcios.
Obelisco de Luxor, Praça da Concórdia, Paris, França. Foto Ismael Gobbo
http://www.noticiasespiritas.com.br/2016/NOVEMBRO/18-11-2016_arquivos/image017.jpg
 Pedra de Roseta, encontrada em escavações em Roseta, Egito.
 Um  texto em três grafias diferente (hieróglifos, demótico egípcio e grego.
Museu Britânico, Londres. Foto Ismael Gobbo

·         Os textos permitiram por comparações a descoberta do significado dos  Hieróglifos. Com isso, a história do Egito, até então pouco conhecida, foi totalmente desvendada.

http://www.noticiasespiritas.com.br/2016/NOVEMBRO/18-11-2016_arquivos/image016.jpg
O célebre orientalista e « Pai dos Hieróglifos »  Jean François Champollion.

Jean-François Champollion (Figeac23 de dezembro de 1790 — Paris4 de março de 1832) foi um egiptólogo, considerado o "pai da egiptologia", famoso por seus trabalhos sobre a cultura e a língua do Egipto Antigo, em especial por ter sido o principal responsável pela decifração dos hieróglifos egípcios.
Leia mais:
A Bíblia de Gutemberg


A Bíblia de Gutenberg
[Bíblia, Vulgata Latina. Ca. 1455] Biblia Latina. [Mainz: Johann Gutenberg, ca. 1455] Divisão de Livros Raros. Da Biblioteca Lenox
O primeiro livro impresso substancial é a Bíblia de dois volumes do fólio real, composta por quase 1.300 páginas, impressa em Mainz, no Reno central, por Johann Gutenberg (ca. 1390s-1468) na década de 1450. Provavelmente foi concluída entre março de 1455 e novembro daquele ano, quando a falência de Gutenberg o privou de seu estabelecimento de impressão e dos frutos de suas realizações.
A Bíblia resume o triunfo de Gutenberg, sem dúvida a maior conquista do segundo milênio. Quarenta e oito cópias integrais sobrevivem, incluindo onze em pergaminho. Talvez cerca de 180 cópias tenham sido produzidas originalmente, incluindo cerca de 45 em pergaminho. A cópia de Lenox, no papel, é a primeira Bíblia de Gutenberg a chegar aos Estados Unidos, em 1847. Sua chegada é material do folclore romântico nacional. O agente europeu de James Lenox emitiu Instruções para Nova York que os oficiais da Alfândega deveriam tirar o chapéu ao vê-lo: o privilégio de ver uma Bíblia de Gutenberg é concedido a poucos.
(Texto abreviado copiado do cartaz visto em segundo plano)
Martinho Lutero
Imagem/fonte :
Martinho Lutero, em alemãoMartin Luther (Eisleben10 de novembro de 1483 — Eisleben, 18 de fevereiro de 1546), foi um monge agostiniano e professor de teologia germânico que tornou-se uma das figuras centrais da Reforma Protestante. Levantou-se veementemente contra diversos dogmas do catolicismo romano, contestando sobretudo a doutrina de que o perdão de Deus poderia ser adquirido pelo comércio das indulgências. Essa discordância inicial resultou na publicação de suas famosas 95 Teses em 1517, em um contexto de conflito aberto contra o vendedor de indulgências Johann Tetzel. Sua recusa em retratar-se de seus escritos, a pedido do Papa Leão X em 1520 e do imperador Carlos V na Dieta de Worms em 1521, resultou em sua excomunhão da Igreja Romana e em sua condenação como um fora-da-lei pelo imperador do Sacro Império Romano Germânico.
Leia mais :
As Quatro Estações. Escultura de Jean Goujon

Jean Goujon
Sua infância é pouco conhecida; ele provavelmente nasceu na Normandia e pode ter viajado pela Itália. Ele trabalhou na igreja de Saint-Maclou, sua primeira obra documentada, [3] e na Catedral de Rouen , em 1541-42, onde executou o monumento a Louis de Brézé, senhor de Anet , antes de chegar a Paris, onde colaborou com o arquiteto Pierre Lescot na igreja de Saint-Germain-l'Auxerrois por volta de 1544, trabalhando no púlpito, que foi desmontado em meados do século XVIII. [4] Em 1544-1547, ele foi ocupado com obras consideráveis ​​no Château d'Ecouen para o connétable de Montmorency.. Ele se tornou "escultor do rei" ( Henrique II da França ) em 1547 e nos anos seguintes foi ocupado no castelo de Anet . Ele foi preso em Ecouen em 1555. [5]

Leia mais :
http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/JANEIRO/31-01-2019_arquivos/image017.jpg
Jean-Jacques Rousseau.
Imagem/fonte:


Jean-Jacques Rousseau, também conhecido como J.J. Rousseau ou simplesmente Rousseau (Genebra28 de Junho de 1712 — Ermenonville2 de Julho de 1778), foi um importante filósofo, teórico político, escritor e compositor autodidata suíço. É considerado um dos principais filósofos do iluminismo e um precursor do romantismo.
Para ele, as instituições educativas corrompem o homem e tiram-lhe a liberdade. Para a criação de um novo homem e de uma nova sociedade, seria preciso educar a criança de acordo com a Natureza, desenvolvendo progressivamente seus sentidos e a razão com vistas à liberdade e à capacidade de julgar.[1]
LEIA MAIS:
http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/JANEIRO/31-01-2019_arquivos/image018.jpg
Estátua de Jean Jacques Rousseau (1712- 1778),  que fica ao lado da Faculdade de Direito de Paris- Sorbonne e
próximo do Panteón onde está sepultado. Paris, França.  Foto Ismael Gobbo
http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/JANEIRO/31-01-2019_arquivos/image019.jpg
Jornal de Paris do dia 06-07-1778 com nota de falecimento de Jean-Jacques Rousseau ocorrida aos 02-07-1778.https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k1049677p/f3.item
http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/JANEIRO/31-01-2019_arquivos/image020.jpg
Jornal de Paris do dia 06-07-1778. Fonte: https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k1049677p.item
http://www.noticiasespiritas.com.br/2017/SETEMBRO/18-09-2017_arquivos/image007.jpg
O Livro dos Espíritos em edição de 1860.
A 1ª. edição de O Livro dos Espíritos de Allan Kardec foi lançado aos 18 de abril de 1857
O retrato de Terentius Neo e sua esposa. Afresco preservado no Museu Arqueolóigico Nacional de Nápoles, Itália.
Uma vista do sudeste da casa do governo, Calcutá. Um europeu está sendo carregado em um palanquim, enquanto outros europeus, assistidos por criados, passeiam na grama e exercitam seus cães. Aquarela.



Calcutá[2] ou Kolkata (bengaliকলকাতা; em nepaliकोलकताKólkataAFI ['kolkat̪a]; em inglêsCalcutta ou Kolkata) é a capital e maior cidade do estado de Bengala Ocidental, na Índia. Situada às margens do rio Hooghly, no leste do país, perto da fronteira com o Bangladesh, Calcutá possui cerca de 4 486 679 habitantes (2011[1]) dentro dos seus limites municipais, figurando como a quinta cidade mais populosa da Índia. Sua região metropolitana, por sua vez, que se estende por 1 886 quilômetros quadrados, reúne mais de 14 112 536 habitantes (dados de 2011),[3] fazendo desta a terceira maior aglomeração urbana do país, depois das regiões metropolitanas de Délhi e Mumbai.
Leia mais:
Victoria Terminus em Bombaim no final dos anos 30.



Bombaim[1] ou, oficialmente, Mumbai (em marataमुंबई transl.:  Mumbaī; em inglêsMumbai ou Bombay) é a maior e mais importante cidade da Índia. Conta com uma população estimada em 12 478 447 habitantes (2011)[2] residindo apenas em seu núcleo urbano, ou 20 748 395, se consideramos sua região metropolitana, conhecida como Grande Bombaim, a segunda maior do país[3] — atrás apenas de Grande Deli — e a 4.ª mais populosa do mundo. Capital e maior cidade do estado de Maharashtra, situa-se nas margens do oceano Índico.
Leia mais:

**************************

Refletindo com Joanna (14)
Renner Cunha
Acesse:


**************************

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/JANEIRO/14-01-2019_arquivos/image010.jpg
Mulher dando esmola. Óleo sobre tela por János Thorrma.
The Widow
O obolo da viúva de Gustave Dore
http://www.noticiasespiritas.com.br/2018/AGOSTO/13-08-2018_arquivos/image032.jpg
Órfãos. Óleo sobre tela por Thomas Benjamin Kennington.

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/JANEIRO/22-01-2019_arquivos/image067.jpg
Antônio Gonçalves da Silva (Batuíra)
26-12-1838 / 22-01-1909

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/JANEIRO/22-01-2019_arquivos/image070.jpg
Placa na casa onde nasceu Batuíra em  Vila Meã, freguesia de São Tomé do Castelo, Conselho de Vila Real, Portugal.
Foto recebida em email de Rosário Abranches Jordão
20
Distribuição de Natal em 1924, da Instituição “Verdade e Luz”. São Paulo, Brasil.
Imagem/fonte:

Rua do  Lavapés com a Rua Espírita à direita. São Paulo, Brasil.
Nesta região viveu Batuira. Foto Ismael Gobbo

Rua Espírita na direção da Rua do Lavapés. São Paulo, Brasil. Foto Ismael Gobbo
Nesta região viveu Batuira.
Túmulo de Batuira após passar por uma reforma em novembro de 2019. A placa original desapareceu e confeccionamos outra. Cemitério da Consolação. São Paulo, Brasil. Fotos  Ismael Gobbo





segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

BOLETIM DIÁRIO DE NOTICIAS DO MOVIMENTO ESPIRITA. 21-01-2020.

CLICAR AQUI:
http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/JANEIRO/21-01-2020.htm

Criação da Terra. Artista: Václav Hollar (1607-1677). Velho Testamento. Ilustração para Gênese.
Día 5
Dia Seis, animais e humanos

Segundo a Gênese do Velho Testamento
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/c/c4/Turner-deluge.jpg
O Dilúvio. Pintura a óleo de William Turner.
http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/FEVEREIRO/22-02-2019_arquivos/image009.jpg
Moisés salvo das águas. Óleo sobre tela de Nicolas-Antoine Taunay. 1826.
Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro, Brasil. Foto Ismael Gobbo
http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/FEVEREIRO/22-02-2019_arquivos/image010.jpg
Moisés vendo a terra prometida. Óleo em papelão por Frederic Edwin Church.
 http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/FEVEREIRO/22-02-2019_arquivos/image011.jpg
Moisés e os Dez Mandamentos em óleo sobre tela de Rembrandt.



O episódio da recepção dos Dez Mandamentos é sugestivo de uma escrita direta na visão espírita.
http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/FEVEREIRO/22-02-2019_arquivos/image012.jpg
Cópia da Estátua de Michelangelo executada  em bronze pelo Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo. Exposta na Galeria Prestes Maia,  São Paulo, Brasil.. Foto Ismael Gobbo
http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/DEZEMBRO/03-12-2019_arquivos/image009.jpg
Confúcio


Confúcio (chinêspinyinKǒng ZǐWade-GilesK'ung-tzŭ, ou chinês孔夫子pinyinKǒng FūzǐWade-GilesK'ung-fu-tzŭ, literalmente "Mestre Kong")[nota 1] (tradicionalmente 27 de agosto de 551 a.C. – 479 a.C.),[1] foi um pensador e filósofo chinês do Período das Primaveras e Outonos.
A filosofia de Confúcio sublinhava uma moralidade pessoal e governamental, os procedimentos corretos nas relações sociais, a justiça e a sinceridade. Estes valores ganharam predominância na China em relação a outras doutrinas, como o legalismo (法家) e o taoismo (道家), durante a Dinastia Han[2][3][4] (206 a.C. – 220). Os pensamentos de Confúcio foram desenvolvidos num sistema filosófico conhecido por confucionismo (儒家).

http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/DEZEMBRO/03-12-2019_arquivos/image012.jpg
Cabeça de Cristo (estudo)  por Alexander Ivanov.
Imagem/fonte: Alexander Andreyevich Ivanov
http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/DEZEMBRO/05-12-2019_arquivos/image008.jpg
Os fariseus e os saduceus vêm para tentar Jesus por James Tissot ( Brooklyn Museum )
Imagem/fonte:
http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/ABRIL/18-04-2019_arquivos/image023.jpg
A negação de Pedro. Pintura por Karel Dujardin
http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/MAIO/24-05-2019_arquivos/image049.jpg
São Pedro curando os enfermos. Detalhe do quadro de Laurent de La Hyre exposto na Catedral Notre Dame, Paris.
Foto feita antes do incêndio na catedral. Foto Ismael Gobbo
http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/MAIO/24-05-2019_arquivos/image051.jpg
São Pedro pregando o Evangelho nas catacumbas. Pintura de Jan Styka
http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/JANEIRO/05-01-2019_arquivos/image007.jpg
“O Angelus”. Óleo sobre tela por Jean-François Millet. 1857/1859.
http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/JANEIRO/05-01-2019_arquivos/image008.jpg
Velha orando. Óleo sobre tela por Theophile M. Lybaert. 1915.
http://www.noticiasespiritas.com.br/2019/JANEIRO/05-01-2019_arquivos/image009.jpg
Prece do “Pai Nosso”. Aquarela por James Tissot
Imagem/fonte: