BLOG DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA.....ARAÇATUBA- SP

Atenção

"AS AFIRMAÇÕES, INFORMAÇÕES E PARECERES PUBLICADOS NESTE BLOG SÃO DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DE QUEM OS ELABOROU, ASSINA E OS REMETEU PARA PUBLICAÇÃO. FICA A CRITÉRIO DO RESPONSAVEL PELO BLOG A PUBLICAÇÃO OU NÃO DAS MATÉRIAS, COMENTÁRIOS OU INFORMAÇÕES ENCAMINHADOS."

terça-feira, 19 de janeiro de 2021

BOLETIM DIÁRIO DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA. 20-01-2021.

CLICAR AQUI:

http://www.noticiasespiritas.com.br/2021/JANEIRO/20-01-2021.htm

Le Tour du monde

https://pt.wikipedia.org/wiki/Le_Tour_du_Monde

 

 

Le Tour du monde, nouveau journal des voyages era um periódico semanal francês sobre viagens publicado pela primeira vez em janeiro de 1860.[1] Le Tour du monde, journal des voyages et des voyageurs (1895–1914).

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Le_Tour_du_Monde

Mercado em Abéché.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Abeche_market.jpg

 

Abéché é a capital da prefeitura de Uadai, no sudeste do Chade, cerca de 650 km a leste e ligeiramente para norte da capital do país, Ndjamena. É a quarta maior cidade do Chade. Situada numa região semi-desértica, é um centro mercantil de caravanas dos nómodas, possuindo mercados e mesquitas. A goma-arábica é produzida localmente, mas um projecto agrícola para a produção de amendoim, financiado pelos chineses, não foi bem sucedido.[1][2][3]

Localiza-se não longe do antigo caminho de caravana que ia de Cartum a Konka pelo Kordofan e Darfur. Fundada em 1850, essa cidade foi o centro militar do país, assim como um foco de propaganda religiosa tão importante como a antiga capital, Uara, hoje arruinada.

A sua população em 1993 era de 187 936 habitantes.

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ab%C3%A9ch%C3%A9

A cidade de Abéché, vista do correio francês. Ao fundo, o pavilhão de dois andares (em tijolo) construído na época de Kolak Ali. Da África Equatorial Francesa: o país, os habitantes, a colonização, o poder público. Pref. por M. Merlin. Com 186 reproduções fotográficas, 33 diagramas, perfis e 7 mapas, incluindo 5 em cores. (publicado em 1918).

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:La_ville_d%27Ab%C3%A9ch%C3%A9,_vue_du_poste_Fran%C3%A7ais.jpg

 

 

 

reino de Ouaddaï ou Ouadaï é um antigo estado localizado no leste do atual Chade . Já não existe hoje como uma entidade política independente, mas apenas como uma chefia tradicional em relação às autoridades administrativas modernas do Chade.

Leia mais:

https://fr.wikipedia.org/wiki/Royaume_du_Ouadda%C3%AF


***************

OBRA ILUSTRADA

LEIA AQUI SOBRE “PROMENADES DANS LA TRIPOLITAINE

https://fr.wikisource.org/wiki/Promenades_dans_la_Tripolitaine

 

 

O ARTIGO DA REVISTA ESPIRITA DE ALLAN KARDEC, DE OUTUBRO

DE 1867, TRANSCRITO NESTA POSTAGEM,  FAZ REFERENCIA AO O

ALCAIDE HASSAN, CURADOR TRIPOLITANO QUE PODE SER LIDO NA

PÁGINA 74.

LINK:

https://fr.wikisource.org/wiki/Promenades_dans_la_Tripolitaine


***************


A primeira Sura Al-Fātiha de ummanuscrito do Alcorão por Hattat Aziz Efendi. Antes de 1934.

Fonte:  . https://commons.wikimedia.org/wiki/File:FirstSurahKoran.jpg

A fórmula da Bismillah em caligrafia árabe

Fonte; https://pt.wikipedia.org/wiki/Bismillah

 

Bismillah

Bismillah ou basmala (árabe: بسملة) é uma fórmula em árabe usada em variados contextos da vida de um muçulmano.

O texto em árabe da bismillah é: بِسْمِ ٱللَّٰهِ ٱلرَّحْمَٰنِ ٱلرَّحِيمِ (transliteraçãobismi-llāhi r-raḥmāni r-raḥīm), o que significa "Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso".[1] A palavra Bismillah deve ser dita na língua árabe, que é a língua litúrgica do islão. A palavra bismillah tem a sua origem nas quatro primeiras consoantes da fórmula.

Ela abre todas as suras (capítulos) do Alcorão, com excepção da sura IX.[1] Ao longo do texto do Alcorão surge duas vezes, na sura XXVII, ayat 30, onde abre a carta enviada por Salomão à rainha de Sabá e na sura XI, ayat 43, onde é usada por Noé na sua forma abreviada (bismi llāh, "em nome de Deus").

É a frase mais utilizada pela caligrafia artística islâmica. É colocada no início de uma carta, sendo também possível encontrá-la nas escolas e locais de trabalho de países de tradição muçulmana. Abre igualmente o texto da constituição de alguns países islâmicos. Também foi divulgada pela música Bohemian Rhapsody do grupo britânico Queen. Segundo algumas tradições populares, a bismillah foi inscrita na coxa de Adão, nas asas do anjo Gabriel, no selo de Salomão e na língua de Jesus Cristo.[carece de fontes]

Os cristãos árabes usam por vezes a palavra bismillah para se referirem à fórmula "Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo" (em árabe: باسم الآب والابن والروح القدس, transl. bismi l-āb, wa-l-ibn, wa-r-rūḥ al-quds).[carece de fontes]

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Bismillah

Maomé e o Alcorão de Jules Barthélemy-Saint-Hilaire 

ACESSE AQUI:

https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k6207467d.texteImage

Página de um Alcorão do século 12 escrito na caligrafia andaluza

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Al-Andalus

Profeta Maomé recitando o Alcorão em Meca (gravura do século XIV).

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Maom%C3%A9

 

Abul Alcacim Maomé ibne Abdalá ibne Abdal Mutalibe ibne Haxim (Abū al-Qāsim Muḥammad ibn ʿAbd Allāh ibn ʿAbd al-Muṭṭalib ibn Hāshim), mais conhecido somente como Maomé (em árabe: مُحَمَّد; transl.: MuḥammadMohammad ou MoḥammedMeca, ca. 25 de Abril de 571 — Medina8 de Junho de 632) foi um líder religioso, político e militar árabe. Segundo a religião islâmica, Maomé é o mais recente e último profeta do Deus de Abraão. Para os muçulmanos, Maomé foi precedido em seu papel de profeta por JesusMoisésDaviJacóIsaacIsmael e Abraão. Como figura política, ele unificou várias tribos árabes, o que permitiu as conquistas árabes daquilo que viria a ser um califado que se estendeu da Pérsia até à Península Ibérica.

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Maom%C3%A9

Ponte romana sobre o rio Guadalquivir  em  Córdoba, Espanha,  com a Mesquita-Catedral ao fundo. Foto Ismael Gobbo

 

 

A Catedral de Córdoba, também conhecida apenas como Mesquita de Córdoba, situa-se em Córdoba, na AndaluziaEspanha. Data do século X, quando a cidade de Córdoba atingiu seu apogeu, sob o governo do emir Abderramão III, um dos maiores governantes da história islâmica. Naquele tempo, Córdoba era a cidade mais próspera da Europa, ofuscando o Império Bizantino e Bagdá em ciênciacultura e artes.

catedral é um exemplo da fusão entre a cultura islâmica e cristã. A mesquita foi consagrada como catedral cristã no mesmo ano em que Córdoba foi reconquistada, em 1236.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Mesquita-Catedral_de_C%C3%B3rdova

Mesquita Central em Jericó, Palestina. Foto Ismael Gobbo

A cura do cego de nascença. Pintura de El Greco.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Guarigione_del_nato_cieco,_El_Greco.jpg

A bela Cachoeira Três Quedas em  Santa Rita do Passa Quatro, SP. Foto Ismael Gobbo

A bela Cachoeira dos Pretos com 154 ms de queda. Uma das nascentes do Rio Piracicaba.  Joanópolis, SP. Foto Ismael Gobbo 
Rio Piracicaba. Piracicaba, SP. Fotos  Ismael Gobbo
Fontana di Trevi. Roma, Itália. Foto Ismael Gobbo

Cataratas do Iguaçu. Vista do lado argentino. Fotos Ismael Gobbo

Parábola do Bom Samaritano. Autor: Giacomo Conti.

Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:G._Conti_La_parabola_del_Buon_Samaritano_Messina_Chiesa_della_Medaglia_Miracolosa_Casa_di_Ospitalit%C3%A0_Collereale.jpg

 



segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

BOLETIM DIÁRIO DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA. 19-01-2021.

CLICAR AQUI:

http://www.noticiasespiritas.com.br/2021/JANEIRO/19-01-2021.htm

Dr. Adolfo Bezerra de Menezes. Óleo sobre tela de Nair Camargo. Foto Ismael Gobbo

Dr. Bezerra é conhecido também por “Médico dos pobres.

 

 

LEIA A BIOGRAFIA DE DR. ADOLFO BEZERRA DE MENEZES

https://www.febnet.org.br/wp-content/uploads/2012/06/Adolfo-Bezerra-de-Menezes.pdf

 

 

Sobrado onde  funcionou a clínica de Dr. Bezerra de Menezes,  no Rio de Janeiro, RJ. Foto Ismael Gobbo

No prédio funciona o Centro Espírita Bezerra de Menezes.


Túmulo de Dr. Adolfo Bezerra de Menezes

Cemitério de São Francisco Xavier,  também conhecido como Cemitério do Caju.

Rio de Janeiro, Brasil. Foto Ismael Gobbo

O médico espírita Dr. Tomas Novelino na sua formatura.

06-10-1901

LEIA MAIS AQUI:

http://www.noticiasespiritas.com.br/2015/MAIO/22-05-2015.htm

Dr. Tomas Novelino  diante do Colégio Pestalozzi, Franca. Foto Ismael Gobbo

LEIA MAIS AQUI:

http://www.noticiasespiritas.com.br/2015/MAIO/22-05-2015.htm


Chico Xavier “Médium exemplo” psicografando no programa Pinga Fogo

Acesse: https://www.youtube.com/wat

 

*****************


Uma relíquia. Voz da querida Yvone do Amaral Pereira - Radio Emmanuel - Oceano Vieira de Melo

Uma relíquia. Voz da querida Yvone do Amaral Pereira - Radio Emmanuel - Oceano Vieira de Melo. São pérolas que nos chegam... porque merecemos saber! 
https://m.soundcloud.com/radioemmanuel/ou-a-entrevista-hist-rica

OUÇA A MÉDIUM ESPÍRITA D. YVONNE PEREIRA EM ENTREVISTA HISTÓRICA EM 1978

Uma das maiores médiuns de todos os tempos, Yvonne do Amaral Pereira (1900 - 1984) concedeu entrevista em março de 1978 ao pesquisador Danilo Vilela, seis anos antes de sua desencarnação. O tema é me

soundcloud.com



********************


A ressurreição de Lázaro em óleo sobre tela por Rembrandt.

Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Rembrandt_Harmensz._van_Rijn_-_The_Raising_of_Lazarus_-_Google_Art_Project.jpg

 

 

O Espiritismo atribui o fenômeno da ressurreição de Lázaro a possível caso de

catalepsia, letargia ou morte aparente.

O episódio bíblico da Pesca Maravilhosa em aquarela de James Tissot.

Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brooklyn_Museum_-_The_Miraculous_Draught_of_Fishes_(La_p%C3%AAche_miraculeuse)_-_James_Tissot_-_overall.jpg

 

 

 

A Dupla Vista explica o episódio da pesca maravilhosa

Veja Aqui:

http://www.febnet.org.br/wp-content/uploads/2012/08/Mod-6-Rot-1-A-pesca-maravilhosa.pdf

Transfiguração do Cristo. Óleo no painel de Giovanni Bellini. Cerca de 1487.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:The-Transfiguration-1480-xx-Giovanni-Bellini.JPG

 

 

Transfiguração

Narrativa Bíblica

Nos evangelhos, Jesus levou PedroTiago, filho de Zebedeu, e João consigo até o alto de uma montanha cujo nome não é mencionado. Lá, Mateus 17:2 afirma que Jesus "Foi transfigurado diante deles; o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz." Neste momento, os profetas Elias e Moisés aparecem e Jesus começou a conversar com eles.[1] Lucas 9:32 é mais específico e afirma que os apóstolos "viram a sua glória".[13]

Leia mais: https://pt.wikipedia.org/wiki/Transfigura%C3%A7%C3%A3o_de_Jesus

 

 

Em determinados situações  Jesus escolhia alguns de seus apóstolos para

acompanhá-lo. Em  episódios como os da Transfiguração e da chamada

Agonia do Getsêmani se fez  acompanhar de Pedro, Tiago, filho de Zebedeu

e João.  Provávelmente possuim faculdades, quiçá mediúnicas,  adequadas

aos casos mencionados. (Ismael Gobbo)

 


A agonia no jardim de Getsêmani. Têmpera no painel de Andrea Mantegna.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Andrea_Mantegna_036.jpg

Jesus orando no jardim depois da Última Ceia , enquanto os discípulos dormem e Judas lidera a multidão, por Andrea Mantegna

 

 

De acordo com os quatro evangelhos, logo após a Última Ceia, Jesus resolveu dar uma volta para orar (João 18:1). Mateus e Marcos identificam o lugar como sendo o jardim conhecido como Getsêmani. Jesus estava acompanhado de PedroJoão e Tiago, filho de Zebedeu, a quem Jesus pediu que permanecessem acordados e orassem. Então ele se retirou para uma distância curta deles ("um tiro de pedra") e, ali, sentiu uma enorme tristeza e angústia, dizendo «Pai, se é do teu agrado, afasta de mim este cálice; contudo não se faça a minha vontade, mas sim a tua.» (Lucas 22:42) Então, um pouco depois, Ele disse «Pai meu, se este cálice não pode passar sem que eu o beba, faça-se a tua vontade.» (Mateus 26:42) Ele recitou esta oração três vezes, conferindo a situação dos apóstolos à cada vez e encontrando-os dormindo. Ele então profere uma de suas famosas frases: «o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.» (Mateus 26:41) Um anjo vem do céu para fortalecê-lo.

Durante a Sua agonia, conforme Ele rezava «...o seu suor tornou-se em gotas de sangue a cair sobre a terra.» (Lucas 22:44)

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Agonia_no_Gets%C3%AAmani

 

 

Em determinados situações  Jesus escolhia alguns de seus apóstolos para

acompanhá-lo. Em  episódios como os da Transfiguração e da chamada

Agonia do Getsêmani se fez  acompanhar de Pedro, Tiago, filho de Zebedeu

e João.  Provávelmente possuim faculdades, quiçá mediúnicas,  adequadas

aos casos mencionados. (Ismael Gobbo)



A Virgem e o menino Jesus, Santa Ana e João Batista. Leonardo da Vinci.

Imagem/fonte: 

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/c/c8/Leonardo_da_Vinci_-_Virgin_and_Child_with_Ss_Anne_and_John_the_Baptist.jpg

 

João Batista. Pintura a óleo de Caravaggio

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Caravaggio_Baptist_Galleria_Borghese,_Rome.jpg

 

São João Batista pregando no deserto. Óleo sobre tela de Anton Raphael Mengs

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_Batista

 

Pregação de São João Batista. Óleo sobre tela de Rembrandt.

Imagem/fonte:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Rembrandt_Harmensz._van_Rijn_-_Preaching_of_Saint_John_the_Baptist_-_Gem%C3%A4ldegalerie_Berlin.jpg

O Batismo de Cristo. Óleo sobre carvalho de Maarten van  Heemskerck van Veen

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Heemskerck_Baptism_of_Christ.jpg

Banquete de Herodes. Obra em pia batismal por Donatello.

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Formella_06,_donatello,_banchetto_di_erode,_1427_01.JPG

Dança dos sete véus por Salomé. Salomé, Herodes II e Herodias. Pintura a óleo de Armand Point.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:PointArmandDanceOftheSevenVeils.jpg



Salomé com a cabeça de João Batista. Óleo sobre tela de Caravaggio.

Imagem/fonte:

 https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Salome_with_the_Head_of_John_the_Baptist-Caravaggio_(1610).jpg

 

 

 

 

E Jesus, respondendo, disse-lhes: Em verdade Elias virá primeiro, e restaurará todas as coisas;
Mas digo-vos que Elias já veio, e não o conheceram, mas fizeram-lhe tudo o que quiseram. Assim farão eles também padecer o Filho do homem.
Então entenderam os discípulos que lhes falara de João o Batista.
Mateus 17:11-13

https://www.bibliaonline.com.br/acf/mt/17

 

 


O Espírito Amélia Rodrigues no livro Primicias do Reino, psicografado por Divaldo Pereira Franco,

diz-nos  que João Batista teria sido a reencarnação do profeta Elias.  A decaptação sofrida por

João seria  um resgate por, quando Elias,  ter determinado a morte dos sacerdotes de Baal.


****************************


Dr. Silvino Canuto Abreu

(19/01/1892 – 02/05/1980

ACESSE AQUI:

https://www.facebook.com/silvinocanutoabreu/



****************************


 Biografia de Frederico Fígner

(02-12-1866 / 19-01-1947)

Frederico Figner

Imagem: http://somshow.com.br/memoria/historia/a-casa-edison/