BLOG DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA.....ARAÇATUBA- SP

Atenção

"AS AFIRMAÇÕES, INFORMAÇÕES E PARECERES PUBLICADOS NESTE BLOG SÃO DE RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DE QUEM OS ELABOROU, ASSINA E OS REMETEU PARA PUBLICAÇÃO. FICA A CRITÉRIO DO RESPONSAVEL PELO BLOG A PUBLICAÇÃO OU NÃO DAS MATÉRIAS, COMENTÁRIOS OU INFORMAÇÕES ENCAMINHADOS."

sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

BOLETIM DIÁRIO DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA. 05-12-2020.

CLICAR AQUI:

 http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/DEZEMBRO/05-12-2020.htm

1ª. página do jornal “La Vérité” de Lião, França, do dia 16 de setembro de 1866. BNF Gallica.

Copiado de: https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k54017013.item

 

Na Revista Espírita de maio de 1867, Allan Kardec comenta o artigo do jornal “La Vérité”

de 16-09-1866 “Renan e sua escola” com reflexões sobre a palavra “Milagre”. Leia a

matéria da Revista Espírita acima transcrita.

2ª. página do jornal “La Vérité” de Lião, França, do dia 16 de setembro de 1866. BNF Gallica.

Copiado de: https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k54017013/f2.item

 

Na Revista Espírita de maio de 1867, Allan Kardec comenta o artigo do jornal “La Vérité”

de 16-09-1866 “Renan e sua escola” com reflexões sobre a palavra “Milagre”. Leia a

matéria da Revista Espírita acima transcrita.

Pintura retratando o filósofo e escritor Ernest Renan em seu Escritório.  Foi o autor de “Vida de Jesus”.

Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:20_Tr%C3%A9guier_Autre_portrait_d%27Ernest_Renan_-dans_son_bureau-.JPG

 

 

Joseph Ernest Renan (Tréguier28 de fevereiro de 1823 — Paris2 de outubro de 1892) foi um escritorfilósofoteólogofilólogo e historiador francês.

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ernest_Renan

A Vida de Jesus por Ernest Renan

Acesse edição em francês aqui:

https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k29523k/f1.image

 


Segundo Sonho. Óleo em madeira de mogno de Rembrandt

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Saint_Joseph%27s_dreams

 

E, tendo eles se retirado, eis que o anjo do Senhor apareceu a José num sonho, dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e foge para o Egito, e demora-te lá até que eu te diga; porque Herodes há de procurar o menino para o matar.
E, levantando-se ele, tomou o menino e sua mãe, de noite, e foi para o Egito.
E esteve lá, até à morte de Herodes, para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz: Do Egito chamei o meu Filho.
Mateus 2:13-15

https://www.bibliaonline.com.br/acf/mt/2

 

 

Visão Espírita dos Milagres do Evangelho

Consulte o Capítulo XV, de A Gênese de

Allan Kardec

A Adoração dos Magos. Óleo sobre tela de Domingos Sequeira.

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Adoration_of_the_Magi_(Sequeira)

Leia no link

 

 

Visão Espírita dos Milagres do Evangelho

Consulte o Capítulo XV, de A Gênese de

Allan Kardec

Judas, á direita, retirando-se da Última Ceia. Pintura por  Carl Bloch

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Judas_Iscariot#/media/File:The-Last-Supper-large.jpg

 

Visão Espírita dos Milagres do Evangelho

Consulte o Capítulo XV, de A Gênese de

Allan Kardec


O beijo de Judas. Aquarela de James Tissot.

Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brooklyn_Museum_-_The_Kiss_of_Judas_(Le_baiser_de_Judas)_-_James_Tissot.jpg

 

Visão Espírita dos Milagres do Evangelho

Consulte o Capítulo XV, de A Gênese de

Allan Kardec

Quadro “A Pesca Milagrosa”. Aquarela por James Tissot.

Imagem/fonte:

https://en.wikipedia.org/wiki/Miraculous_catch_of_fish#/media/File:Brooklyn_Museum_-_The_Miraculous_Draught_of_Fishes_(La_p%C3%AAche_miraculeuse)_-_James_Tissot_-_overall.jpg

 

Visão Espírita dos Milagres do Evangelho

Consulte o Capítulo XV, de A Gênese de

Allan Kardec

Jesus e a cura da mulher hemorrágica. Catacumba de Marcelino e Pedro. Roma, Itália

Imagem: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/6/61/Healing_of_a_bleeding_women_Marcellinus-Peter-Catacomb.jpg

 

Visão Espírita dos Milagres do Evangelho

Consulte o Capítulo XV, de A Gênese de

Allan Kardec

Jesus curando o cego de Betsaida. Óleo sobre tela por El Greco.

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jesus_curando_o_cego_de_Betsaida#/media/File:El_Greco_-_Christ_Healing_the_Blind_-_WGA10420.jpg

 

Visão Espírita dos Milagres do Evangelho

Consulte o Capítulo XV, de A Gênese de

Allan Kardec

A cura do paralítico de Cafarnaum. Gravura por Bernhard Rode

Imagem/fonte: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/b/b0/Christus_heilet_einen_Gichtbr%C3%BCchigen.jpg

 

Visão Espírita dos Milagres do Evangelho

Consulte o Capítulo XV, de A Gênese de

Allan Kardec

O Mar da Galiléia nas proximidades do sitio arqueologico de  Cafarnaum (E). Israel. Foto Ismael Gobbo.

A cura dos dez leprosos. James Tissot

Imagem/fonte:

 http://en.wikipedia.org/wiki/File:Brooklyn_Museum_-_The_Healing_of_Ten_Lepers_(Gu%C3%A9rison_de_dix_l%C3%A9preux)_-_James_Tissot_-_overall.jpg

 

Visão Espírita dos Milagres do Evangelho

Consulte o Capítulo XV, de A Gênese de

Allan Kardec

 

Jesus curando o homem com a mão atrofiada Mosaico no nártex exterior da Igreja de Chora.

Imagem/fonte: 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Jesus_curando_o_homem_com_a_m%C3%A3o_atrofiada#/media/File:Curing_a_young_man_with_withered_hand.jpg

 

Visão Espírita dos Milagres do Evangelho

Consulte o Capítulo XV, de A Gênese de

Allan Kardec

Jesus curando uma mulher enferma no sábado. Aquarela de James Tissot

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:HealWomanSabbath.jpg

 

 

 

De acordo com o Evangelho, Jesus estava ensinando em uma das sinagogas no sábado e havia uma mulher aleijada por um espírito por dezoito anos. Ela estava curvada e não conseguia se endireitar. Quando Jesus a viu, ele a chamou para frente e disse a ela:

"Mulher, você está livre de sua enfermidade."

Então ele colocou as mãos sobre ela e imediatamente ela se endireitou e louvou a Deus.

Leia mais:

https://en.wikipedia.org/wiki/Jesus_healing_an_infirm_woman

 

 

Visão Espírita dos Milagres do Evangelho

Consulte o Capítulo XV, de A Gênese de

Allan Kardec

O homem possuído na sinagoga. Aquarela de James Tissot.

Imagem/fonte:

 https://www.brooklynmuseum.org/opencollection/objects/13400/The_Possessed_Man_in_the_Synagogue_Le_poss%C3%A9d%C3%A9_dans_la_Synagogue

 

Visão Espírita dos Milagres do Evangelho

Consulte o Capítulo XV, de A Gênese de

Allan Kardec


Cristo curando o paralítico na piscina de Betesda. Óleo sobre tela de Bartolomeo Esteban Murillo

Imagem/fonte: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Curacion_del_paralitico_Murillo_1670.jpg

 

Visão Espírita dos Milagres do Evangelho

Consulte o Capítulo XV, de A Gênese de

Allan Kardec

Humberto de Campos. Foto: Domínio Público/ Acervo Arquivo Nacional.

Imagem copiada de https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Humberto_de_Campos_(1926).tiff

 Francisco Cândido Xavier psicografando- imagem http://realidadeespirita.com.br/espiritismo/chico-xavier/

A Jornada dos Magos. Têmpera na madeira de Stefano di Giovanni.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Sassetta_004.jpg

A Adoração dos Pastores. Óleo sobre tela de Georges de La Tour.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:L%27adoration_des_bergers_(La_Tour).jpg


Estátua de Sesostris I. Altes Museu Berlim.

Imagem/fonte*: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:SesostrisI-AltesMuseum-Berlin.png

 

* Foto de uma estátua de joelho fragmentada do faraó Sesostris I, tomada no Museu Altes, em Berlim. 12ª Dinastia. Número do catálogo: 1206. (Wikipédia)

 

Sesóstris I ou Senuserete I foi o segundo faraó da XII dinastia do Egito. Sesóstris I governou a região por trinta e quatro anos (de 1920 a.C. a 1875 a.C.) após a morte do pai, Amenemés I, e foi um dos reis mais poderosos desta dinastia. Seu reinado corresponde ao auge da literatura e artesanato egípcio. Sesóstris I era conhecido por seu prenome, Quepercaré, que significa "A Ka de Rá vem a ser". Já seu nome de nascimento significa "Homem da deusa Wosret" e pode ter sido também o nome de seu avô materno. Os historiadores não têm certeza da data de nascimento de Sesóstris I.[1][2]

 

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ses%C3%B3stris_I

Este pequeno cilindro de terracota registra o trabalho nas paredes da cidade da Babilônia pelo rei Nabopolassar. Da Babilônia, Mesopotâmia, Iraque. Período neobabilônico, 625-605 aC. O Museu Britânico, Londres. Imagem/autor: Osama Shukir Muhammed Amin FRCP (Glasg)

Copiado de: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Cylinder_of_Nabopolassar_from_Babylon,_Mesopotamia..JPG


A resposta de Daniel ao rei.

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Daniel

Daniel (em hebraico: דָּנִיּאֵל), ou Beltessazar,[1] é um dos vários profetas[nota 1] do Antigo Testamento. A sua vida e profecias estão incluídas na Bíblia no Livro de Daniel. O significado do nome é "Aquele que é julgado por Deus" ou "Deus assim julgou", ou ainda, "Deus é meu juiz".

Segundo a narrativa, Daniel foi um jovem príncipe judeu levado como prisioneiro de guerra pelas tropas do Império Babilônico, em meio a Rebelião para Independência de Judá. Ao fim do conflito, de acordo com a tradição rabínica, Daniel e outros príncipes judeus foram castrados por ordens do rei babilônico, com o objetivo de desencorajar lideranças e frustrar o sentimento de independência em meio ao povo dominado.[3][4] No entanto, através da Sabedoria oriunda de seu Deus, Jeová, ele interpretou os sonhos e visões de reis, tornando-se uma figura proeminente na corte de Babilônia. Daniel interpretou o sonho do rei Nabucodonosor no capítulo 2. 

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Daniel

 

 

Leia em Daniel 2 a sua interpretação do sonho do rei Nabucodonosor

https://bibliaportugues.com/jfa/daniel/2.htm

Nabucodonosor II em sua insanidade. Óleo sobre tela de William Blake.

Impressão colorida, tinta e aquarela sobre papel. Imagem/fonte:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Nabucodonosor_II

 

Nabucodonosor IINebucadrezar (na ortografia babilônia Nabu - kudurri - usurNebo, proteja a coroa! ou Nebo, proteja as fronteiras!) foi o filho e sucessor de Nabopolassar, rei da Babilónia que libertou os caldeus do reino da Assíria e destruiu Nínive.[1]

Em uma inscrição, ele se chamava de o favorito de Nebo. Foi o mais poderoso rei da Babilônia.[1]

Ele se casou com uma filha de Ciaxares, a princesa Amitis da Média, unificando as dinastias da Babilônia e da Media. Com ela, Nabucodonosor teve três filhos : Evil-MerodaqueNitócris e Cassaia.[1]

Após Neco II, faraó do Egito, haver derrotado os Assírios em Carquemis, as províncias da Síria que estavam sob controle dos assírios passaram ao controle egípcio, enquanto que as demais províncias assírias foram divididas entre os medos e os babilônios; Nabopolassar, porém, pretendia conquistar a Síria, e lutou contra Neco, em Carquemis, derrotou os egípcios, e conquistou a Síria e a Israel.

Nabucodonosor também conquistou a Israel, tomou Jerusalém, e levou judeus cativos para a Babilônia, inclusive Daniel. Em 598 a.C., após a revolta de Joaquim de Judá, que tinha o apoio do faraó Neco, Nabucodonosor o derrota. Nabucodonosor derrota os judeus uma terceira vez, e leva cativo o rei Jeconias de Judá em 597 a.C. Na última revolta, de Zedequias, Nabucodonosor arrasa Jerusalém (586 a.C.), fura os olhos de Zedequias e o deixa prisioneiro por toda a vida.[1]

Nabucodonosor também lutou, no trigésimo ano de seu reinado, contra Amósis II, faraó do Egito.[1]

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Nabucodonosor_II

Persépolis vista ao sul, por Jean Chardin

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pers%C3%A9polis

 

Persépolis (em grego clássicoΠερσέπολιςromaniz.: Persépolis , lit. "A cidade persa", em persa antigoPars; em persaتخت جمشیدromaniz.: Tajt-e Yamshidm , lit.: "O trono de Janxide") foi uma das capitais do Império Aquemênida. Encontra-se a cerca de 70 km da cidade iraniana de Xiraz (província de Fars), perto do lugar em que o rio Pulvar desemboca em Cur (Ciro). Sua construção, começada por Dario I, continuou ao longo de dois séculos, até a conquista do Império persa por Alexandre Magno.

Leia mais:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Pers%C3%A9polis

 




quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

BOLETIM DIÁRIO DE NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA. 04-12-2020.

CLICAR AQUI:

 http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/DEZEMBRO/04-12-2020.htm

Pintura mediúnica por Marilusa Moreira Vasconcelos trazendo assinatura de Leonardo da Vinci. Araçatuba, SP.

Fotos Ismael Gobbo.


Sonho de Jacó. José de Ribera. Imagem/fonte:

 https://pt.wikipedia.org/wiki/Pintura_do_Barroco#/media/File:El_sue%C3%B1o_de_Jacob,_by_Jos%C3%A9_de_Ribera,_from_Prado_in_Google_Earth.jpg

Moisés e Elias aparecem  na Transfiguração de Jesus. Pintura por Carl Heinrich Bloch.

Imagem/fonte: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/1/15/Transfigurationbloch.jpg

 

 

 

Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, seu irmão, e os conduziu em particular a um alto monte, E transfigurou-se diante deles; e o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes se tornaram brancas como a luz. E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com ele.
Mateus 17:1-3

https://www.bibliaonline.com.br/acf/mt/17

Quadro: O Sonho de S. José. Óleo sobre tela de Georges de La Tour.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Georges_de_La_Tour_022.jpg

A Visão de São Pedro Nolasco de São Pedro Apóstolo. Óleo sobre tela de Francisco de Zurbarán

Imagem/fonte:  

https://en.wikipedia.org/wiki/Saint_Peter_Nolasco%27s_Vision_of_Saint_Peter_the_Apostle

 

A Visão de São Pedro Nolasco de São Pedro Apóstolo é uma pintura de 1629 de Francisco de Zurbarán , agora no Museu do Prado em Madrid. Está assinado na parte inferior FRANCISCUS Đ ZURBARAN / FACIEBAT. 1629 ..

Mostra Pedro, o Apóstolo, crucificado de cabeça para baixo aparecendo para Pedro Nolasco , fundador da Ordem da Bem-Aventurada Virgem Maria da Misericórdia , que redimiu escravos cristãos de proprietários muçulmanos durante o período da Reconquista na história espanhola. Quando ele foi impedido de fazer uma viagem a Roma para visitar o túmulo de São Pedro, ele recebeu uma visão consoladora de São Pedro instruindo-o a converter a Espanha [1] . Forma par com A Visão de São Pedro Nolasco do mesmo artista , em que o santo sonha com a Jerusalém celestial.

Leia mais:

https://en.wikipedia.org/wiki/Saint_Peter_Nolasco%27s_Vision_of_Saint_Peter_the_Apostle

A conversão de Santo  Agostinho. Óleo sobre tela de Charles-Antoine Coypel.

Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ch%C3%A2teau_de_Versailles,_petit_appartement_de_la_reine_(1er_%C3%A9tage),_La_Conversion_de_saint_Augustin,_Charles-Antoine_Coypel_(1736).jpg

Uma pintura do final do século 19 do Ato IV, Cena III de Júlio César de Shakespeare: Brutus vê o fantasma de César.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brutus_sees_Caesar%27s_ghost.jpg

Cristo aparece a Maria Madalena. Óleo sobre tela de Pietro da Cortona.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Pietro_da_Cortona_-_Cristo_appare_a_Maria_Maddalena.jpg

A conversão de São Paulo na estrada de Damasco. Óleo sobre tela de Hans Speckaert 

Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Hans_Speckaert_-_Conversion_of_St_Paul_on_the_Road_to_Damascus_-_WGA21655.jpg

Joana D’Arc. Quadro de Jules Bastien Lepage

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Jules_Bastien-Lepage#/media/File:BastienLepage_Jules_Joan_Of_Arc.jpg

Joana D’Arc. Pintura por Gaston Bussiere.

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Gaston_Bussi%C3%A8re#/media/File:Joan_of_Arc,_by_Gaston_Bussiere.jpg

O evangelista Mateus inspirado por um anjo. Óleo sobre tela de Rembrandt

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:The_Evangelist_Matthew_Inspired_by_an_Angel.jpg

Inspiração divina da música. Nicolas Regnier (Niccolò Renieri) (Flandres, Itália ativa, 1591-1667)

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Divine_Inspiration_of_Music_LACMA_82.7.jpg


Um viajante coloca sua cabeça sob a borda do firmamento na impressão original (1888) da gravura em madeira de Flammarion.  Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Flammarion_engraving

Blaise Pascal.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Blaise_Pascal_2.jpg

 

Blaise Pascal (Clermont-Ferrand19 de junho de 1623 — Paris19 de agosto de 1662) foi um matemáticofísicoinventorfilósofo e teólogo católico francês. Prodígio, Pascal foi educado por seu pai. Os primeiros trabalhos de Pascal dizem respeito às ciências naturais e ciências aplicadas. Contribuiu significativamente para o estudo dos fluidos. Ele esclareceu os conceitos de pressão e vazio, estendendo o trabalho de Torricelli. Pascal escreveu textos importantes sobre o método científico.

 

Leia mais: https://pt.wikipedia.org/wiki/Blaise_Pascal

 

 

MENSAGEM COLETIVA COM DEZENAS DE ESPÍRITOS COMUNICANTES

PUBLICADA NA REVISTA ESPRIITA DE ALLAN KARDEC

VEJA PUBLICAÇÕES COM IMAGENS AQUI:

 

http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/NOVEMBRO/21-11-2020.htm

http://www.noticiasespiritas.com.br/2020/NOVEMBRO/23-11-2020.htm



Meimei-imagem Wikipédia.
 Francisco Cândido Xavier psicografando- imagem http://realidadeespirita.com.br/espiritismo/chico-xavier/

Belém. A imagem mostra um homem e uma mulher se aproximando de Belém com um burro. Foi tirada no dia de Natal de 1898. A fotografia apresenta uma cena que lembra Maria e José, quando se aproximaram de Belém cerca de 1900 anos antes.

Fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bethlehem_1898.jpg

Maria e José buscando guarida em Belém. Óleo sobre tela de Bento Coelho da Silveira

Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Romance_da_pobreza_da_Virgem_rec%C3%A9m-parida

Leia no link

Adoração dos pastores. Óleo no painel de Giorgione.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Giorgione_-_Adoration_of_the_Shepherds_-_National_Gallery_of_Art.jpg

Uma História de Natal. Obra do pintor dinamarquês Viggo Johansen

Fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Viggo_Johansen

Feliz Natal. Tela e óleo de Viggo Johansen

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Viggo_Johansen

O primeirocartão de Natal "oficial" da história, desenhado em 1843 por 

John Callcott Horsley (1817- 1903). Imagem/fonte: https://it.wikipedia.org/wiki/Cartolina_natalizia    

Véspera de Natal. Cromolitografia.

Um cartão de Natal americano  desenhado por J. Hoover em 1880. Imagem/font: Biblioteca dos EUA.

Copiado de: https://it.wikipedia.org/wiki/Cartolina_natalizia

Papai Noel em um cartão de Natal desenhado por Frances Brundage

Fonte:  https://it.wikipedia.org/wiki/Cartolina_natalizia

Um curioso cartão de Natal das indústrias de Louis Prang o maior fabricante de cartões de Natal dos

 Estados Unidos no final do século XIX . Imagem/fonte:

Um cartão de Natal alemão de 1904.

Imagem/fonte: https://it.wikipedia.org/wiki/Cartolina_natalizia

Thomas Nast ilustração de um casal separado pela guerra, do Harper's Weekly de janeiro de 1863.

Imagem/fonte:  https://en.wikipedia.org/wiki/Christmas_in_the_American_Civil_War

Presentes de Natal.
Árvore de Natal no Coliseu. Roma, Itália. Foto Ismael Gobbo

Jesus Cristo e as crianças. Óleo sobre tela de Carl H. Bloch

Imagem/fonte: 

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/4/44/Carl_Heinrich_Bloch_-_Suffer_the_Children.jpg

Sermão da Montanha. Óleo sobre tela por Károly Ferenczy 

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:The_Sermon_on_the_Mount_K%C3%A1roly_Ferenczy.jpg

Imagens de distribuição de Cestas de Natal na  Casa da Caridade. Araçatuba, SP. 12/2010. Fotos Ismael Gobbo

http://ismaelgobbo.blogspot.com/2010/12/registro-casa-da-caridade-faz-entrega.html

Uma caricatura de Christina Rossetti por seu irmão Dante Gabriel Rossetti 1862, mostrando-a tendo um acesso de raiva depois de ler a crítica do Times sobre sua poesia. Caneta e tinta no papel.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Dante_Gabriel_Rossetti_-_Christina_Rossetti_in_a_Tantrum.jpg

Dois rostos masculinos expressando raiva misturados com medo. Gravura de B. Picart, 1713, segundo C. Le Brun. Imagem/fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ira

Descrição do século XVIII dos quatro temperamentos, [1]fleumático e colérico acima, Sanguíneo e melancólico abaixo.

Fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Four_temperaments

 

 Leia mais: https://en.wikipedia.org/wiki/Four_temperaments

 


O otimista e o pessimista. Óleo em madeira por Vladimir Makovscy

Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:%D0%9E%D0%BF%D1%82%D0%B8%D0%BC%D0%B8%D1%81%D1%82_%D0%B8_%D0%BF%D0%B5%D1%81%D1%81%D0%B8%D0%BC%D0%B8%D1%81%D1%82.jpg

 

A tempestade no Mar da Galiléia. Óleo sobre tela de Rembrandt.

Imagem/fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Calming_the_storm

 

 

E aconteceu que, num daqueles dias, entrou num barco com seus discípulos, e disse-lhes: Passemos para o outro lado do lago. E partiram.
E, navegando eles, adormeceu; e sobreveio uma tempestade de vento no lago, e enchiam-se de água, estando em perigo.
E, chegando-se a ele, o despertaram, dizendo: Mestre, Mestre, perecemos. E ele, levantando-se, repreendeu o vento e a fúria da água; e cessaram, e fez-se bonança.
E disse-lhes: Onde está a vossa fé? E eles, temendo, maravilharam-se, dizendo uns aos outros: Quem é este, que até aos ventos e à água manda, e lhe obedecem?
E navegaram para a terra dos gadarenos, que está defronte da Galiléia.
Lucas 8:22-26

https://www.bibliaonline.com.br/acf/lc/8

O mar calmo. Óleo sobre tela de Gustave Courbet

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:The_Calm_Sea_MET_DT1973.jpg


A orelha de Malco. Pintura guache sobre grafite em papel tecido cinza. Autor: James Tissot. Imagem/fonte:

 https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brooklyn_Museum_-_The_Ear_of_Malchus_(L%27oreille_de_Malchus)_-_James_Tissot.jpg

 

 

Jesus respondeu: Já vos disse que sou eu; se, pois, me buscais a mim, deixai ir estes;
Para que se cumprisse a palavra que tinha dito: Dos que me deste nenhum deles perdi.
Então Simão Pedro, que tinha espada, desembainhou-a, e feriu o servo do sumo sacerdote, cortando-lhe a orelha direita. E o nome do servo era Malco.
Mas Jesus disse a Pedro: Põe a tua espada na bainha; não beberei eu o cálice que o Pai me deu?
Então a coorte, e o tribuno, e os servos dos judeus prenderam a Jesus e o maniataram.
E conduziram-no primeiramente a Anás, por ser sogro de Caifás, que era o sumo sacerdote daquele ano.

João 18:8-13

https://www.bibliaonline.com.br/acf/jo/18

 

Cristo cura a orelha de Malco. Óleo sobre tela de Louis Finson.

Imagem/fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Louis_Finson_-_Christ_Healing_the_Ear_of_Malchus.jpg

 

E Jesus lhe disse: Judas, com um beijo trais o Filho do homem?
E, vendo os que estavam com ele o que ia suceder, disseram-lhe: Senhor, feriremos à espada?
E um deles feriu o servo do sumo sacerdote, e cortou-lhe a orelha direita.
E, respondendo Jesus, disse: Deixai-os; basta. E, tocando-lhe a orelha, o curou.

Lucas 22:48-51

https://www.bibliaonline.com.br/acf/lc/22

“Cristo Salvador” de Gian Lorenzo Bernini.

Basilica de São Sebastião das Catacumbas, Via Ápia, Roma, Itália. Foto Ismael Gobbo

Paz e abundância. Óleo sobre tela de William Hart. Fotógrafo: Daderot.

Imagem/fonte:

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Peace_and_Plenty_by_William_McDougal_Hart,_1855,_oil_on_canvas_-_New_Britain_Museum_of_American_Art_-_DSC09208.JPG